Paulo Henrique Marques, técnico do Santa Cruz, antecipa desafios no Gauchão 2024 após acesso do Galo: “Não tem jogo fácil”

Foto: Rádio Grenal

O técnico Paulo Henrique Marques, do Santa Cruz-RS, concedeu uma entrevista na manhã desta terça-feira (26) ao programa Futebol Alegria do Povo da Rádio Grenal, como parte da série “Esquenta Gauchão”. Na série, são realizadas conversas com os treinadores de todas as equipes do interior do Rio Grande do Sul que disputarão o Campeonato Gaúcho de 2024.

Natural de Santa Rosa, Henrique assumiu o Galo em setembro deste ano, após passagens por Grêmio Bagé, Santo Ângelo, Guarany Camaquã, Tupi, Juventus-RS, Esportivo, Ulbra, Avenida, São Luiz, Novo Hamburgo, Caxias, Ypiranga, São José e Veranópolis. Ele iniciou o trabalho com o elenco no início de dezembro, preparando o clube para o Gauchão de 2024.

Questionado sobre os objetivos do Santa Cruz no Campeonato, o técnico enfatizou o grau de dificuldade dos adversários, assegurando a permanência na divisão de elite do Estadual: “O Gauchão é muito difícil, muito equilibrado, especialmente para nós do interior. Não há jogos fáceis. Podemos brigar pelo título, mas estabelecemos metas, uma delas é ficar entre os dez primeiros”, comentou.

Em seguida, mencionou brevemente a folha salarial do clube, destacando as dificuldades na manutenção da equipe: “Estamos entre R$ 250 mil e R$ 300 mil. É preciso fazer um milagre todos os dias”, resumiu.

Durante o programa, ele também abordou o incidente entre o zagueiro do F.C. Santa Cruz, Tairone, e o meio-campista do Grêmio Sub-20, Jefinho. Devido ao choque, o jogador da base tricolor sofreu fraturas na mandíbula e está fora da disputa da Copa São Paulo de Futebol Júnior. “Conversei com Tairone e ele não é esse tipo de jogador, não é uma pessoa maldosa. No dia a dia, é muito bom de lidar”, disse. Por fim, comentou sobre o pedido de demissão do dirigente Lairton Falcão em relação à posição do clube sobre o lance entre Jefinho e Tairone: “Pelo que me passaram, ele (Lairton Falcão) queria punir o jogador (Tairone), mas os demais votaram contra. Cada um tem sua opinião. Foi um lance forte, algo que nunca queremos que aconteça”.

Campeão da Divisão de Acesso de 2023, o Santa Cruz fará sua estreia contra o Juventude, nos Plátanos. A partida tem previsão para o dia 20 de janeiro.

* Por supervisão de: Marjana Vargas

Voltar Todas de Esquenta Gauchão

Compartilhe esta notícia:

Deixe seu comentário

No Ar: Contra Ataque