O retrospecto do Internacional em quartas de final da Libertadores

Giuliano, após marcar o gol, no Milagre de Quilmes.

Foto: Alejandro Pagni

Na terça-feira (22), o Internacional enfrentará o Bolivar, pelas quartas de final da Copa Libertadores. A partida de ida será disputada no estádio Hernando Siles, em La Paz, na Bolívia.

Retrospecto em Quartas de Final

Em sua 15ª participação na competição internacional, o Colorado chega pela 6ª vez a fase de quartas de final, vale lembrar que anteriormente ao ano de 1989 os classificados na primeira fase iam direto a fase semifinal. Nas cinco vezes em que o Inter chegou a esta fase, passou quatro vezes, sendo eliminado apenas em 2019, contra o Flamengo. Relembre abaixo os confrontos do Internacional nas quartas da Libertadores.

1989

Após passar pelo Peñarol nas oitavas, o Colorado teve a sua frente o Bahia, atual Campeão Brasileiro. No jogo de ida, no estádio Beira-Rio, o Internacional venceu por 1×0, com gol de Diego Aguirre. Na volta o jogo terminou em 0x0 e o clube gaúcho passou para as semifinais, onde seria eliminado pelo Olimpia, do Paraguai.

Foto: EC Bahia

2006

Após 13 anos o Internacional voltaria a disputar uma Copa Libertadores, ao qual terminou com o inédito título. Nas quartas o Colorado teve a sua frente a equipe equatoriana da LDU, na altitude de Quito o Inter perdeu por 2×1, se mantendo vivo para o confronto no Beira-Rio, este que terminou com a vitória Colorada por 2×0, com gols de Rafael Sobis e Renteria, levando o clube gaúcho as semifinais, e consecutivamente, ao título.

Foto: Dolores Ochoa

2010

Depois de se classificar contra o Banfield, nas oitavas, o Internacional teve a sua frente o Estudiantes, atual Campeão da Libertadores. O jogo de ida, no estádio Beira-Rio, terminou com a vitória Colorada, pelo placar de 1×0, com gol marcado por Sorondo. Na volta o Internacional ia perdendo por 2×0, e vinha sendo eliminado, entretanto, o gol salvador de Giuliano, aos 43 minutos do segundo tempo, classificou o Colorado as semifinais, dando mais um passo rumo ao título daquele ano.

Foto: Juan Mabromata

2015

Após passar pelo Atlético Mineiro, nas oitavas de final, o Colorado teve pela frente o Santa Fé, que dois anos antes havia eliminado o Grêmio. No jogo da ida, na Colômbia, o Inter perdeu pelo placar de 1×0. Na volta o Internacional venceu pelo placar de 2×0, com gols de Juan e Rafael Moura, classificando o clube gaúcho para as semifinais, onde viria a ser eliminado pelo Tigres, do México.

Foto: Ricardo Duarte

2019

Após passar pelo Nacional, do Uruguai, o Colorado teve a sua frente o poderosíssimo Flamengo, de Jorge Jesus. Na ida, no Maracanã, o Mengão venceu pelo placar de 2×0, trazendo uma grande vantagem para o Beira-Rio. Em Porto Alegre, a partida terminou empatada em 1×1, o gol colorado marcado por Rodrigo Lindoso, não foi suficiente para levar os gaúchos as semifinais.

Foto: Alexandre Vidal

* Por supervisão de: Marjana Vargas

Voltar Todas de Inter

Compartilhe esta notícia:

“A realidade é que a Libertadores é a mais importante que temos que jogar”, diz Coudet em coletiva
Grenal na Copa do Brasil Sub-20: Escalações, momento, arbitragem e transmissão
Deixe seu comentário

No Ar: Toque Direto