Juventude goleia o Ypiranga, e enfrenta o Grêmio na semifinal


Por: Diogo Rossi, comunicador na @rdgrenal

O Juventude recebeu o Ypiranga-RS no Alfredo Jaconi na noite de hoje (12/04). A partida, válida pelas quartas de final do gauchão, foi decidida antes dos 20′ do primeiro tempo.

 

Juventude amassa nos primeiros 15′

O time da casa começou em cima do adversário, logo aos 5′ Roberson apareceu pela esquerda, tocou para Hugo dentro da área, o experiente camisa dez girou em cima do adversário e tocou para Bruno Ribeiro, sem marcação, abrir o placar.

Não demorou muito para que o Juventude achasse o caminho do segundo gol, em cobrança de escanteio pelo lado direito, a bola pipocou dentro da área e sobrou para Roberson, que chutou firme de primeira. Carlão, goleiro do canarinho,  não alcançou e o 2×0 estava anotado para o camisa 9 alviverde aos 13′ da primeira etapa.

Antônio Carlos, técnico do Juventude,  mal havia terminado de comemorar, e o árbitro Márcio Coruja apontava a marca da cal e marcava pênalti sofrido por Bruno Ribeiro. Hugo cobrou, bola de um lado goleiro do outro e 3×0 e eram 19′.

Com seus jogadores atordoados, Leocir Dall’astra promoveu uma modificação com a intenção de frear o ímpeto do time da casa. Surtiu algum efeito, o Juventude se retraiu um pouco, mas conseguia encaixar algumas jogadas perigosas assustando ainda o torcedor do Ypiranga.

Confirmando a classificação

 

A segunda etapa começou com o domínio do Juventude, mais morno do que o início do primeiro tempo, porém sob total controle do time da casa que passou a explorar os contra-ataques pelos lados. Dieguinho, foi um dos destaques, jogando aberto pelo lado esquerdo, o meia estava sempre livre de marcação. Se impunha com velocidade e dribles em cima dos adversários.

O Ypiranga, por sua vez, adiantou a marcação na tentativa de abafar o alviverde, mas o efeito foi contrário. Muitos espaços apareceram, e o quarto gol parecia questão de tempo.

Aos 31′ as oportunidades de gol iam sendo ampliadas pelo time de Antônio Carlos Zago que trocou Dieguinho por Sasá. Em uma delas, Wallacer deu um belo passe para Bruno Ribeiro, que chegou na cara do goleiro Carlão, mais uma vez, o ataque do Ju não aproveitou. Chute por cima do gol sem muito perigo.

O Ypiranga não se encontrava. Mesmo assim, em uma falta cobrada por Jardel, Jessé subiu entre os zagueiros pra descontar e marcar o gol de honra do canarinho. Logo em seguida, o zagueiro Daniel do Ypiranga falhou, e Roberson aproveitou, deu uma arrancada pelo meio e tocou na saída do goleiro para marcar seu segundo gol na partida e dar números finais à partida. 4×1 e Juventude Classificado vai enfrentar o Grêmio na semifinal.

 

Ficha técnica:

 

Juventude: Elias; Helder, Klaus, Herverton e Pará; Wanderson, Itaqui (Sananduva), Hugo (Wallacer) e Bruno Ribeiro; Dieguinho (Sasá) e Roberson

Ypiranga: Carlão; Marcio, Negretti, Wesley Santos e Gonçalves (Léo); Jessé, Daniel, Ernani e Rafael (Jardel) Alemão; Tulio Rennan (Drama)  e João Paulo

 

Comentários