“Se o futebol não voltar, o Inter terá sérios problemas até o final do ano”, afirma vice-presidente

Foto: (Ricardo Duarte/S.C.Internacional)

O aceno de uma possível data para o retorno do Campeonato Gaúcho surge praticamente como um “alívio” para o planejamento do Inter. O clube, que já estava em processo da recuperação das contas, acabou sofrendo novos impactos nas finanças em virtude da pandemia da Covid-19.

Em reunião entre o novo secretário do do Esporte e Lazer do Rio Grande do Sul, Francisco Vargas, e o presidente da Federação Gaúcha de Futebol, Luciano Hocsman, foi apontada a data do dia 19 de julho para retomada da competição estadual. Apesar de não ter uma notificação oficial, o vice-presidente do Inter, João Patrício Herrmann, em entrevista à Rádio Grenal, apontou que a volta do futebol vai frear que o clube passe por maiores problemas.

“O Gauchão no meio do mês de julho nos deu uma luz. Se o futebol não voltar, o Inter terá sérios problemas até o final do ano. Eu não descarto que se comece a atrasar sálarios, se o futebol não voltar”, afirmou o vice-presidente.

O Inter estima uma perda de R$ 100 milhões nas receitas previstas para 2020 devido à paralisação do futebol e toma uma série de medidas para cortar gastos. A meta do clube é reduzir o orçamento em 30% – o que representa mais de R$ 110 milhões. O clube anunciou a demissão de mais de 40 demissões de funcionários, com um alívio de R$ 300 mil mensais aos cofres.

Recentemente, a direção também anunciou uma nova renegociação quanto aos vencimentos do grupo de jogadores. Conforme a MP 936, foi acordado com o elenco uma  redução de 25% nos salários durante a pandemia do coronavírus.

Enquanto aguarda pela retomada dos jogos, os jogadores seguem os trabalhos físicos no CT Parque Gigante, já na sexta semana de treinamentos.

* Por supervisão de: Marjana Vargas

Voltar Todas de Inter

Compartilhe esta notícia:

Grêmio faz movimento por tentativa de resolução do caso Ferreira
Grêmio organiza retomada das atividades para o Grupo de Transição
Deixe seu comentário