Saída de Uendel, contratações e modelo de jogo: A coletiva de Paulo Bracks

Paulo Bracks comentou sobre diversos assunto sobre Inter na quarta rodada do Gauchão.

Foto: Reprodução / S. C. Internacional

O Inter venceu ontem (14) o Ypiranga pelo placar de 4 x 2. O jogo teve nuances que não estamos acostumados a ver no Campeonato Gaúcho. Gol no início, virada do time de Erechim, revirada do time colorado, pênalti, polêmicas envolvendo comissão técnica e seis gols no marcador. Logo após os 90 minutos, Paulo Bracks, executivo de futebol do Inter, concedeu uma entrevista e falou sobre a partida e outros assuntos.

CONTRATAÇÕES

Assunto mais questionado na coletiva, sem dúvidas. O dirigente teve que falar sobre diversas vezes sobre assuntos relacionados a contratações que o Inter pretende fazer na temporada. Sobre a contratação de um novo zagueiro, o dirigente abriu o jogo, “Nós chegamos a procurar zagueiros com a lesão do Moledo. Com calma, cautela, acreditamos nos que estão no grupo. Mas estamos no mercado procurando, sim”. Entretanto, sobre contratações concretizadas, o dirigente reiterou que ainda não há nada fechado a ponto de fazer novos anúncios.

Ainda, algumas informações condiziam em relação a Miguel Ángel Ramirez querer enxugar o elenco colorado para aproximadamente 24 jogadores ao todo. Bracks também falou sobre, “A tendência é que o número de atletas seja um pouco diminuída. Talvez tenha mais saídas que entradas. É uma análise que estamos fazendo”.

UENDEL E OUTRAS SAÍDAS

A saída do lateral-esquerdo está iminente ao Cuiabá. Paulo Bracks foi sincero em relação às negociações e informou que há uma possibilidade grande na saída do jogador, mas que não ainda não tem nada concreto e que irão definir durante esta semana. Em relação a outras saídas, o dirigente definiu, “Além do Uendel não temos novas ofertas na mesa. Mas se houver alguma proposta por algum jogador nosso iremos sentar e conversar”.

POLÊMICA COM COMISSÃO TÉCNICA

Miguel Ángel Ramirez não pôde estar na casamata colorada diante do Ypiranga, afinal seu nome não foi publicado no BID até às 18h da última sexta-feira (12). Entretanto, mesmo sem estrear oficialmente, o novo técnico do Inter já causou polêmicas quando praticamente comandou o time da arquibancada dando a todo instante instruções a seu auxiliar-técnico, Martín Anselmi.

Sobre o tema, Paulo Bracks foi ponderado e tentou desviar o assunto, “A presença dele estava garantida no estádio. Mas desconheço o fato dele ter entrado em campo”. O treinador espanhol pode ser julgado pelo TJD (Tribunal de Justiça Desportiva), entretanto, o acontecimento não saiu na súmula do árbitro Jean Pierre Lima.

MODELO DE JOGO

“Teremos ao longo da temporada uma nova cara no Inter”. Assim o dirigente definiu o que espera do time para os próximos jogos em relação ao modelo de jogo, algo que já se foi visto na partida de ontem. Paulo Bracks também falou sobre o que o Inter espera do Campeonato Gaúcho para esta temporada, “Enfrentamos três grandes adversários nas primeiras rodadas e hoje também. O RS está muito bem servido no cenário nacional. O Inter entrou no campeonato para ganhar”.

ALTOS INVESTIMENTOS

Taison é o grande sonho de consumo do torcedor colorado. É esperada ansiosamente o desenrolo final desta novela, e as esperançasa são grandes que aconteçam nesta temporada. Foi-se comentado sobre grandes investimentos e o executivo de futebol comentou, “O nosso propósito é de redução de folha salarial. Obviamente dentro de uma responsabilidade financeira vamos fazer”.

GUERRERO

O centrovante colorado fez sua estreia pelo Inter após mais de 200 dias longe dos gramados. Paulo Bracks complementou falando da volta do peruano, “A volta do Guerrero foi feita no momento certo. Estamos muito felizes. Ele está pronto para a comissão técnica”.

* Por supervisão de: Marjana Vargas

Voltar Todas de Inter

Compartilhe esta notícia:

No Beira-Rio, o Inter vence o Ypiranga por 4 a 2 pela quarta rodada do Gauchão
Quase fechado com o Fortaleza, Isaque não viaja para o Equador
Deixe seu comentário