Rodrigo Dourado volta a ser relacionado após 15 meses longe dos gramados

Foto: Divulgação / S.C. Internacional

O volante Rodrigo Dourado voltou a ser relacionado para uma partida do Inter após 15 meses longe dos gramados. Foram 450 dias sem fardar e participar de um jogo do colorado. Mas a espera acabou. Dourado está entre os relacionados para a partida desta quarta-feira (14), contra o Sport, às 21h30, na Ilha do Retiro, pela 16ª rodada do Brasileirão.

Dourado retorna à equipe após um ano e três meses se recuperando de um edema ósseo no joelho esquerdo. Foram duas artroscopias, fisioterapia, tratamento com células tronco e um longo trabalho físico para que o jogador pudesse ser relacionado novamente. O então capitão colorado teve sua última partida no dia 10 de julho, no jogo contra o Palmeiras, ainda pela Copa do Brasil de 2019, quando sofreu uma lesão grave no joelho esquerdo.

Há alguns meses, o Dourado foi liberado  para realizar a maior parte dos treinamentos com o grupo. No final do setembro, em meio aos trabalhos, Dourado contraiu Covid-19 e precisou cumprir isolamento. Recuperado, retornou mais uma vez aos treinamentos e agora segue focado na recuperação. O técnico colorado Eduardo Coudet, disse ao final da partida contra o Bragantino que pretendia contar com o volante ainda nesta temporada e, melhor, em breve.

No entanto, apesar de ser relacionado, Dourado não deve aparecer entre os titulares. A dúvida fica ainda se o jogador conseguirá entrar na partida. Coudet pode colocá-lo no final do jogo, para que o volante comece a retomar o ritmo de jogo. Uma arrancada muito brusca pode trazer desgaste físico ou até mesmo ser um passo atrás na recuperação de Dourado. A expectativa que fica ao torcedores é de que, hoje, o jogador possa fazer alguns minutos para matar a saudade.

* Por supervisão de: Marjana Vargas

Voltar Todas de Inter

Compartilhe esta notícia:

Já classificadas, Gurias Coloradas entram em campo buscando a vantagem na próxima fase do Brasileirão A1
Minuto a minuto: Sport Recife x Inter
Deixe seu comentário