“Que as coisas se resolvam dentro de campo, respeitando o adversário.” diz presidente do Inter, Alessandro Barcellos

Presidente falou com exclusividade à Rádio Grenal

Foto: Ricardo Duarte / S.C. Internacional

Na tarde desta sexta-feira (05), Alessandro Barcellos, presidente do Inter, conversou exclusivamente com a Rádio Grenal sobre o Grenal 434, que acontecerá neste sábado (06): “Um clássico sempre é um jogo diferente, cercado pela tensão dos torcedores. Por si só, é um jogo que mexe com nossa história e cultura.” 

O presidente comentou sobre a situação de Moisés e Yuri Alberto, titulares da equipe que eram dúvidas para o jogo por conta de uma lesão e por conta dos rumores de a ausência dos atleta ser apenas uma distração para o jogo: “Eu já vi e tudo no futebol, mas acho que ele evoluiu muito. Mas se queremos que o futebol seja um produto valorizado, temos que pensar em alternativas. Nós tivemos jogadores preservados, suspensos e lesionados. Mas surgiram várias narrativas por aí. Nenhuma equipe vai abrir sua estratégia para ninguém, mas vocês terão respostas.”

Quanto a uma suposta obrigação de vitória colorada, o presidente afirmou: “sem dúvidas o Inter joga sempre com obrigação pelo seu tamanho. Nesse aspecto nos sentimos responsáveis.” O ambiente entre os atletas em relação ao clássico também foi comentado: “sempre fazemos um alerta, o Internacional tem que se preocupar em jogar futebol.”

Por fim, Alessandro Barcellos disse “que as coisas se resolvam dentro de campo, respeitando o adversário.” deixando claro a importância do jogo para o Inter.

* Por supervisão de: Marjana Vargas

Voltar Todas de Inter

Compartilhe esta notícia:

“Se ganhar, respiramos muito forte. Se empatar estamos vivos e se perder terá muita dificuldade” diz Presidente Romildo Bolzan Jr. à Rádio Grenal
Histórico Grenal: O dia que o Inter encaminhou o segundo rebaixamento do Grêmio
Deixe seu comentário