Por maioria, D’Alessandro é punido com dois jogos de suspensão e está fora do Grenal

Foto: Ricardo Duarte/ S. C. Internacional

Na final desta terça-feira (4), o Tribunal de Justiça Desportiva do Rio Grande do Sul (TJD-RS), julgou D’Alessandro pelo incidente pós-grenal 425. Por maioria, os auditores do processo condenaram D’Alessandro a dois jogos de suspensão, e o pagamento de uma multa de R$ 5 mil. Com a decisão, o argentino está fora do clássico desta quarta-feira (5), às 21h30, na Arena, pela final do segundo turno do Gauchão. Se o Inter vencer, D’Ale também fica fora do primeiro jogo da decisão do estadual, contra o Caxias.

Na denúncia, o capitão colorado foi enquadrado no Artigo 243-C do Código Brasileiro de Justiça Desportiva (CBJD) por “ameaçar alguém por palavra, escrito, gestos, ou por qualquer outro meio, a causar-lhe mal injusto ou grave”. No entanto, quatro, dos cinco membros da Segunda Comissão Disciplinar pediram a desclassificação do artigo 243-C, de ameaça, para o 243-F, que consiste em “ofender alguém em sua honra, por fato relacionado diretamente ao desporto.”

Além de D’Alessandro, Eduardo Coudet também havia sido denunciado, mas o departamento jurídico do Inter fez um acordo com a Procuradoria do TJD-RS para que o treinador fosse liberado do julgamento, mediante ao pagamento de uma multa. Com isso, o técnico estará comandando sua equipe no clássico 426.

* Por supervisão de: Marjana Vargas

Voltar Todas de Inter

Compartilhe esta notícia:

Sem vencer desde 2018, Colorado quer quebrar o jejum de vitórias em clássicos
Grêmio entra com pedido para reverter efeito suspensivo que liberou D’Alessandro
Deixe seu comentário