Os possíveis adversários do Inter na Libertadores e seus momentos

Inter terá vida complicada na próxima fase, afinal, o pote dos segundos colocados da Libertadores contam com 17 títulos da competição

Foto: Ricardo Duarte / S. C. Internacional

O Inter se classificou em primeiro lugar no Grupo B para as oitavas de final da Copa Libertadores da América 2021. Contudo, com 10 pontos, o colorado ficou com a pior campanha dentre os melhores colocados. O time de Miguel Ángel Ramirez terá um pouco mais de um mês para ajustar sua equipe, quando a competição retorna nos dias 14 e 21 de julho, após a Copa América.

OLÍMPIA

Pior time dentre os classificados para as oitavas, o Olímpia esteve no mesmo grupo do Inter. Os paraguaios perderam os dois jogos para o colorado, sendo um deles uma goleada histórica aplicada no Beira-Rio, pelo placar de 6 a 1. Classificados na Libertadores com nove pontos e saldo negativo de -1, o time comandado pelo ex-volante do Grêmio, Sérgio Órteman, ocupa a segunda colocação no campeonato nacional, cinco pontos atrás do Libertad. A tendência é que caso o colorado tivesse os paraguaios como seu adversário, não seria muito difícil de avançar para a fase sequente.

UNIVERSIDAD CATÓLICA

O clube chileno classificou-se em segundo lugar, com nove pontos e um saldo zerado. Estando em um grupo onde continha Argentino Juniors, Nacional e o Atlético Nacional, o time comandado pelo ex-futebolista, Gustavo Poyet, faz um campeonato nacional instável. Ocupando apenas a 6ª posição na competição, os chilenos possuem em seu elenco uma figurinha conhecida dos colorados. Trata-se do volante, Felipe Gutiérrez, que atuou no estádio Beira-Rio em 2017.

RIVER PLATE

Um dos adversários mais fortes da lista, o River Plate do técnico multicampeão, Marcelo Gallardo, fez história nas fases de grupo desta Libertadores. O contexto deste marco não foi por conta de seus nove pontos conquistados, e sim, pelo fato de ter vencido uma partida sem um goleiro de origem na posição. O episódio ocorreu por conta de um surto de Covid-19 no clube, quando 19 jogadores testaram positivo e apenas 11 dos 32 jogadores inscritos haviam condições de jogo. Enzo Pérez, volante, foi o preterido para a posição e realizou um feito histórico, quando defendeu a meta argentina na vitória do River Plate sobre o Santa Fé pelo placar de 2 a 1. No Campeonato Argentino o time atualmente está na terceira posição do Grupo A no torneio Apertura.

DEFENSA Y JUSTÍCIA

Sem muito nome mas atual campeão da Copa Sul-Americana e da Recopa, o time comandado por Sebastián Beccacece apresenta um futebol vistoso e é um adversário perigoso para os colorados. No mesmo grupo do atual campeão continental, Palmeiras, e com Independiente del Valle e Universitário na sequência, os argentinos classificaram-se também com nove pontos e um saldo positivo de três gols. Vale constar, que o time da cidade de Florencio Varela, venceu os paulistas dentro da Allianz Arena e tem no seu elenco, Walter Bou, um centroavante experiente e matador comandando o ataque. No Campeonato Argentino o time não passa por bom momento ocupando a 11ª posição do Grupo B com três derrotas seguidas e sem vencer há sete rodadas.

CERRO PORTEÑO

Mais um paraguaio na lista, o tradicional Cerro Porteño terminou a primeira fase na segunda colocação, em um grupo que continha Atlético Mineiro, América de Cali e Deportivo Lara. Com 1o pontos e -1 de saldo, os paraguaios ocupam a quarta posição do campeonato nacional. No elenco do ex-lateral direito, Francisco Arce, constam alguns nomes conhecidos do torcedor brasileiro, como Boselli e Romero, ambos ex-Corinthians e o goleiro Jean, que em 2020 atuou no Atlético Goianiense.

VÉLEZ SARSFIELD

Argentino matreiro, o time de Buenos Aires classificou com 10 pontos e um saldo positivo de dois gols. Em um grupo complicado com Flamengo, LDU e Unión La Calera, o elenco de Maurício Pellegrino contém Mancuello, ex-Flamengo, e Francisco Ortega, lateral-esquerdo que o Inter chegou a sondar para contratar mas que não avançou nas negociações. O jovem jogador, aliás, foi expulso na última rodada diante dos cariocas e não poderá atuar na partida de ida das oitavas de final. Atualmente, o Vélez é o líder do Grupo B no Campeonato Argentino, estando nove pontos a frente do segundo colocado.

BOCA JUNIORS

Maior campeão desta lista da Copa Libertadores da América, o Boca Junior possue seis títulos da competição continental. Os argentinos poderiam ter se classificado em primeiro colocado, tendo em vista que no seu grupo havia Barcelona de Guayaquill, Santos e The Strongest. Os 10 pontos e saldo positivo de quatro gols, fizeram o time de Miguel Ángel Russo ter a segunda melhor campanha dentre os segundos colocados. No Campeonato Argentino estão na vice-liderança atrás do Vélez.

SÃO PAULO

Um dos favoritos para vencer a Libertadores deste ano, não se engane com os paulistas por terem se classificado em segundo lugar. O time de Hernán Crespo fez 11 pontos no grupo E, e recentemente faturou o Campeonato Paulista, título no qual não conquistavam desde o longíquo ano de 2006. Com um futebol propositivo e uma ideia posicional, sem sombras de dúvidas, o tricampeão continental, atualmente, é o elenco mais perigoso para o Inter enfrentar. Os reforços de Benítez e Miranda e as capitanias de Daniel Alves e Hernanes formam um time forte e experiente.

 

* Por supervisão de: Marjana Vargas

Voltar Todas de Inter

Compartilhe esta notícia:

La Equidad x Grêmio: Escalações, momentos, arbitragem e transmissão
Os possíveis adversários do Grêmio na Copa Sul-Americana e seus momentos
Deixe seu comentário