O Grêmio venceu o Rosário Central por 3 a 1 e se mantém na briga pela classificação para as oitavas de final da Libertadores

Precisando de uma vitória, o Grêmio recebeu o Rosário Central, na noite desta quarta (10), na Arena, e venceu por 3 a 1. O jogo era válido pela 4ª rodada da fase de grupos da Libertadores da América. Jean Pyerre e Leonardo, duas vezes, anotaram para o Tricolor. Aguirre marcou para os visitantes.

O Tricolor começou dominando a partida, com o seu toque de bola característico. O time argentino só ameaçou a meta de Paulo Victor aos 13 minutos, em um cabeceio de Herrera, o qual o goleiro do Tricolor segurou sem dificuldades.

O Grêmio dominava a partida e as chances começaram a aparecer mais. Everton carregou pela ponta-esquerda, tirou dois adversários da jogada, mas chutou para fora, assustando o Rosário.

O relógio marcava 25, quando Maicon chutou fraco, após um contra-ataque, facilitando a vida de Ledesma. Everton Cebolinha foi o jogador mais agudo no primeiro tempo. O ex-atacante do Grêmio, Herrera foi punido com um amarelo, após muita reclamação.

Aos 29, ele, pelo lado esquerdo, invadiu a área, limpou a zaga e, mais uma vez, parou no goleiro do Rosário. Mas, um minuto depois, Cebolinha recebeu e, em vez de chutar para o gol, cruzou para Jean Pyerre, que deslocou Ledesma e abriu o placar para o time da casa.

Em outra jogada de perigo, aos 37, após boa troca de passes, André recebeu dentro da grande área e chutou à direita da baliza argentina. Aos 38, Ojeda recebeu cartão amarelo por dar um carrinho em Jean Pyerre. Além do gol, a torcida gremista teve outra boa notícia. O Libertad virou o jogo contra o Universidad Católica, resultado que é bom para a equipe gaúcha na competição.

Segundo tempo 

Antes da bola rolar, Rosário Central fez a primeira substituição do jogo. Saiu Pereyra, entrou Vergara. Com menos de um minuto da segunda etapa, Grêmio começou a todo vapor e assustou o time argentino, em um chute de Jean Pyerre.

Após escanteio, aos 8 minutos, a equipe gremista fez boa jogada de linha de fundo, Jean Pyerre cruzou e Leonardo completou para gol, ampliando o marcador.

Depois do segundo gol, o Grêmio controlou a posse de bola, sem se desgastar e evitando riscos a sua meta. Aos 33′, os times fizeram as últimas substituições. No time gaúcho, saiu Jean Pyerre, muito aplaudido, para a entrada de Rômulo. No lado argentino, saiu o meia Barrera e entrou o atacante Riaño.

Aos 36, Leonardo, de novo ele, após a característica posse de bola, marcou o terceiro gol do Grêmio. Três minutos depois, os argentinos diminuíram o prejuízo com Aguirre, em uma das poucas chegadas do time. Nos acréscimos, a equipe Tricolor só controlou a partida e gastou o tempo restante.

A próxima partida do Grêmio será neste domingo (14), às 16h, contra o Inter, no Beira-Rio, pela final do Campeonato Gaúcho. É o primeiro jogo da decisão. O jogo de volta será na quarta-feira (17), na Arena.

Ao final da partida, o autor de dois gols gremistas falou à imprensa. “Primeira vez que marco duas vezes no profissional. Fico feliz pela equipe e pela nossa conquista. O grupo todo está de parabéns”, declarou.

Ficha técnica

Grêmio: Paulo Victor, Geromel, Kannemann, Leonardo, Cortez, Matheus Henrique, Maicon (Thaciano), Jean Pyerre (Rômulo), Diego Tardelli (Alisson), Everton e André. Técnico: Renato Portaluppi.

Rosário Central: Ledesma, Molina, Barbieri, Recalde, Parot (Rizzi), Ojeda, Villagra, Pereyra (Vergara), Aguirre, Barrera (Riaño) e Herrera. Técnico: Diego Cocca.

Arbitragem: Andrés Rojas (COL), auxiliado por Wilmar Navarro (COL) e John Alexander Leon (COL).

Público total: 30.251 torcedores.

Voltar Todas de Esporte

Compartilhe esta notícia:

Árbitros das finais do Campeonato Gaúcho são definidos
Inter teme assédio de outros clubes e já negocia renovação de contrato com Nico López
Deixe seu comentário