Novo preparador de goleiros do Grêmio aprova início de Vanderlei no tricolor

Foto: Lucas Uebel/GFPA

A paralisação geral do futebol brasileiro por conta do coronavírus gera uma grande interrogação nos clubes. Como, em quais condições e quando os atletas irão voltar são algumas das perguntas mais recorrentes, todas elas ainda sem repostas claras. Não é diferente no Grêmio. Depois de praticamente um ano inteiro sem jogar, sendo reserva de Éverson no Santos, o goleiro Vanderlei aceitou o desafio de jogar no Grêmio e até agora está passando por média, segundo a avaliação de Mauri Lima, novo preparador de goleiros do clube, em entrevista exclusiva à Rádio Grenal.

Segundo o preparador, no início do ano, uma das grandes preocupações era com o ritmo de jogo perdido por Vanderlei em 2019 e sobre isso acrescentou: “Tivemos preocupação com ele quando chegou por ter ficado um longo período sem atuar. O goleiro precisa de ritmo pra ter o posicionamento correto, pra tomada de decisão e pra ter tempo de bola. Tivemos alguns erros. Digo ‘tivemos’ pois também sou responsável. Mas ele é experiente e sabe. Gradativamente ele evoluiu bastante.”

Mauri também salientou que Vanderlei está se aproximando do modo de jogar que o treinador Renato Portaluppi aprova para seus goleiros: “A gente sabia da dificuldade por ele ter ficado um tempo sem jogar e pelo pouco tempo de preparação no início desse ano. Mas gradativamente ele foi se aperfeiçoando a maneira que o Renato gosta”, explicou.

De férias coletivas até o dia 20 de abril, os jogadores gremistas realizam atividades físicas e de reforço muscular dentro de suas próprias casas no aguardo de novas orientações por parte das autoridades.

* Por supervisão de: Marjana Vargas

Voltar Todas de Grêmio

Compartilhe esta notícia:

Guerrero completa um ano vestindo a camisa colorada
“Impossível completar esse calendário em 2020”, avalia vice de futebol do Inter
Deixe seu comentário