Nas mãos de Gareca: após negativa em encontro no Peru, Guerrero liga para técnico da Seleção Peruana por liberação de convocação


Por: Valéria Possamai,

Inter e Paolo Guerrero seguem a missão pela liberação do peruano dos amistosos da Seleção. Após a negativa em encontro com o presidente da Federação Peruana de Futebol (FPF), o próprio jogador entrou em contato com o técnico Ricardo Gareca. Caso seja convocado, o camisa 9 pode desfalcar do colorado no jogo de volta da Copa do Brasil, contra o Cruzeiro, e também no primeiro jogo da finalíssima, caso o time avance.

Conforme o vice de futebol do clube gaúcho, Roberto Melo, Guerrero relatou ao treinador de sua seleção a vontade em permanecer em Porto Alegre tendo em vista o momento decisivo para o Inter.

“Hoje Guerrero ligou para o professor Gareca e manifestou seu desejo de ficar e jogar pelo Inter durante a data FIFA. Pediu que o treinador entendesse o momento decisivo para nós, porém também deixou claro que se for convocado se apresentará e jogará com a mesma dedicação de sempre”, publicou o dirigente em uma rede social.

Ainda nesta semana, em Lima, no Peru, o executivo de futebol do Inter, Rodrigo Caetano, esteve em reunião com o presidente da FPF, Agustín Lozano. Contudo, o mandatário informou que a dispensa de Paolo Guerrero é assunto do técnico Ricardo Gareca.

Apesar das tentativas, a imprensa peruana já repercute que o nome do jogador do Inter está entre os convocados, e que assim, dá conta de não deve haver a liberação do centroavante. A lista deve ser oficializada nos próximos dias.

O primeiro amistoso a ser disputado pelo Peru é contra o Equador. Este marcado um dia após o jogo de volta das semifinais, contra o Cruzeiro, que ocorre no dia 4/9. Já o compromisso seguinte, contra a Seleção Brasileira, no dia 11 de setembro, coincide com a data do jogo de ida das finais da competição nacional.

Foto: (Divulgação/Federação Peruana de Futebol)

Comentários

>