Musto e Heitor retornam à equipe, mas seguem sendo dúvidas para enfrentar Universidad Católica

Heitor havia apresentado um desconforto na coxa direita na vitória por 2 a 1 sobre o Athletico-PR

Foto: Ricardo Duarte / S.C. Internacional

Nesta quinta-feira (22), o Inter encara a Universidad Católica pela última rodada da fase de grupos da Libertadores em busca do carimbo da classificação para a fase de mata-mata. O colorado é o vice-líder do Grupo E, com oito ponto, dois atrás do Grêmio, com dez. Depende só de si para classificar e, se vencer e o rival tropeçar, pode até assumir a liderança.

Para a partida, Eduardo Coudet poderá até contar com o retorno de Musto e Heitor. Os dois retornaram aos treinos e já trabalham com a  equipe. O lateral-direito havia apresentado um desconforto na coxa direita na vitória por 2 a 1 sobre o Athletico-PR. Já o volante, passou por tratamento de uma lesão no quadril, precisando ser avaliado semanalmente.

O retorno aos treinamentos não garante, no entanto, que os dois viajem ao Chile. Nesta terça (20), a equipe colorada passará por uma revisão médica que apontará quem está em condições de integrar a delegação que viaja na tarde desta quarta-feira (21) para Santiago do Chile. Caso ainda não estejam em condições, Rodinei deve ser manter na lateral e Rodrigo Lindoso tende a ser o primeiro volante de Coudet.

O grupo fará mais dois treinos em Porto Alegre, nesta tarde e na manhã de quarta.  A partida contra o América de Cali acontece na quinta-feira (22)  às 21h30 (de Brasília), no Estádio San Carlos de Apoquindo, em Santiago. O colorado é o segundo colocado do grupo com oito pontos e saldo de três gols, enquanto o América de Cali é o terceiro, com cinco pontos e saldo de dois gols negativos.

* Por supervisão de: Marjana Vargas

Voltar Todas de Inter

Compartilhe esta notícia:

Gurias Coloradas tentam superar campanha de 2019 no Brasileirão A1 deste ano
Marcos Guilherme fala sobre disputa por posição: ”Dor de cabeça boa para o Coudet”
Deixe seu comentário