Miguel Ángel Ramírez ressalta importância do saldo de gols e explica titularidade de Marcos Guilherme

Foto: Ricardo Duarte / S.C. Internacional

Após a maior goleada do Inter na história da Copa Libertadores da América, o técnico colorado, Miguel Ángel Ramírez, falou em entrevista coletiva sobre as situações da partida, como a titularidade do atacante Marcos Guilherme e a presença do Taison no jogo. A respeito do placar elástico de 6×1 feito no Beira-Rio, o espanhol destacou que não é preciso trabalhar o psicológico dos atletas para que a pressão seja mantida mesmo com já com um largo resultado, pois todo o grupo sabe que é importante, em uma fase de grupos, ter um bom número de saldo de gols, pois é um dos critérios de desempate.

Sobre os jogadores em campo, Ramírez falou sobre a reestreia de Taison com a camiseta colorada, destacando que o jogador pode ter mais de uma função no time, podendo atuar pelo meio do campo ou pelos lados, além de destacar a qualidade técnica do atleta. Questionado sobre a presença do atacante Marcos Guilherme no time titular, o espanhol falou que o jogador é do Inter e, a partir disso, será utilizado. Além dessa situação, o técnico frisou que o jogo sem bola do Marco Guilherme é espetacular, com intensas movimentações quando a posse é do adversário.

O Inter é líder do grupo B da Copa Libertadores da América com 6 pontos e com o saldo positivo de 7 gols. O colorado volta a campo no próximo sábado, às 19h, pelo jogo de volta da semifinal do Campeonato Gaúcho, no Beira-Rio, na tentativa de reverter o placar contra o Juventude e ir às finais do estadual.

* Por supervisão de: Marjana Vargas

Voltar Todas de Inter

Compartilhe esta notícia:

Em reestreia de Taison, Inter massacra o Olimpia por 6 a 1
Com Ramirez, Galhardo supera início com Coudet e cai nas graças do treinador espanhol
Deixe seu comentário