Márcio Meira, preparador físico do Grêmio retorna aos treinos após se recuperar da Covid-19

Foto: Lucas Uebel/Grêmio FBPA

Diagnosticado com coronavírus na segunda-feira (04), o preparador físico Márcio Meira retornou às atividades na manhã desta segunda-feira (25) no CT Luiz Carvalho. Mesmo sendo assintomático, a doença foi constatada no controle de acesso ao Centro de Treinamentos, que faz parte do protocolo de distanciamento para prevenir o contágio do vírus por atletas e funcionários.

Depois de passar férias atento aos cuidados e ao lado da família no Rio de Janeiro, sua cidade natal, Márcio desembarcou em Porto Alegre para retomar os treinos no início de maio. Para evitar uma possível disseminação do vírus, foi orientado a entrar em isolamento, que durou 20 dias. “De acordo com o resultado dos anticorpos, Márcio estaria em uma fase final da doença, mas ainda existia risco de disseminação do vírus. Ele foi afastado e o monitoramos durante todo esse período, com um acompanhamento diário. Ele permaneceu assintomático e fizemos outras duas testagens até que estivesse totalmente imunizado para ser liberado à retornar”, explicou o médico Márcio Dornelles, que acompanhou o caso ao lado do Dr. Paulo Rabaldo.

Contratado em janeiro de 2020 para integrar a comissão técnica, Márcio está prestes a completar cinco meses no Grêmio. Agora curado, ele exalta o controle fundamental para os trabalhos serem desenvolvidos pelo departamento de futebol. “Não fosse essa estrutura montada pelo Grêmio, eu jamais saberia que tinha contraído a doença. Foram super profissionais e recebi um acompanhamento individual que eu nunca tive e que não teria se não tivesse retornado das férias”, disse Meira, que orientou a família a procurar atendimento e realizar exames.

Enquanto Márcio Meira estava em isolamento em Porto Alegre, outros profissionais executavam os trabalhos planejados em conjunto com ele por videoconferência. Agora 100% recuperado, ele retorna às atividades e ao campo para fazer o que mais gosta, que é trabalhar com futebol. “Retornar é um alívio porque eu já voltei das férias com muita vontade de trabalhar, mas bati de frente com o vírus, o que me impossibilitou. Não poder estar aqui no dia a dia foi bem difícil, mesmo eu não sentindo nada, mas contei com todo apoio do clube nesse momento e foi extremamente importante. Estou feliz em poder retornar”, salientou.

Nesta semana, os atletas finalizam a primeira sequência de treinos básicos, focados na parte aeróbia e força, que contemplam corridas e musculação. De acordo com o preparador físico, “o próximo plano de treinos será com mais movimentações e situações de jogo, com trabalhos de velocidade, visando preparar os atletas para competir”, explicou.

* Por supervisão de: Marjana Vargas

Voltar Todas de Grêmio

Compartilhe esta notícia:

Técnico da Transição do Grêmio aponta Pepê com características mais semelhantes para substituir Everton
Torcedores elegem dupla de volantes do Grêmio para o retorno do futebol
Deixe seu comentário