Marcelo Oliveira se despede da carreira de jogador e assume cargo técnico no Grêmio

Foto: Lucas Uebel / Grêmio FBPA

vitória por 2 a 1 do Grêmio sobre o Coritiba na noite desta quarta-feira (7), na Arena, pela 14ª rodada do Brasileirão, terminou com uma surpresa para os torcedores gremistas. O zagueiro Marcelo Oliveira anunciou o fim da sua carreira, aos 33 anos. O jogador esteve em campo por um minuto, e depois da partida revelou que será coordenador técnico do clube. No final da manhã desta quinta-feira (8), ao lado do presidente do Grêmio, Romildo Bolzan Jr, e do vice de futebol, Paulo Luz, Marcelo foi oficialmente apresentado ao novo cargo.

“Eu dou esse testemunho de quanto a liderança do Marcelo foi necessária, qualificada e impositiva para estimular um grupo vencedor […] Então, tu tens uma missão fantástica. Essa função está sendo depositada a ti de uma maneira diferente. O teu perfil é de completa ciência do que tem que ser feito, pela tua preparação e experiência”, destacou o presidente tricolor.

Marcelo não entrava em campo desde março de 2019, quando sofreu uma grave lesão no joelho direito. Apesar de recuperado, esteve relacionado em poucas partidas nesta temporada. Agora como coordenador técnico, preencherá uma lacuna que estava vaga no clube após a demissão de Valdir Espinosa, em agosto de 2017.

“Quando eu cheguei sabia que estava realizado um sonho. Hoje eu entendo o porquê deste sonho. Quero dizer que realizei ele como atleta. Meu sentimento foi se transformando e eu sentia que tinha que dar mais pelo clube […] Sei que vou aprender muita coisa. Minha história vai ser ainda mais linda no Grêmio. Acho que a melhor forma de agradecer, é agradecendo com atitudes, sendo honesto e tendo caráter”, destacou Marcelo.

A proposta de transição já era planejada há algum tempo, tanto pela diretoria gremista, quanto por Marcelo Oliveira, que já se preparava para o fim da carreira de jogador e investia em cursos de gestão no futebol.

“A decisão de encerrar, eu já vinha nos últimos tempos pensando a respeito. Sabia que meu contrato se encerrava. Na vida, a gente precisa estar preparado para tudo. Devido a isso, já estava estudando e, quando chegou a conversa para mim, eu nem precisei de um tempo para pensar, eu tinha certeza de que era isso que eu queria. É um sentimento de realização e motivação para esta nova função. Vou estar nesse elo entre grupo de atletas, direção, comissão e outras áreas que eu vou atuar”, revelou.

* Por supervisão de: Marjana Vargas

tags: Grêmio

Voltar Todas de Grêmio

Compartilhe esta notícia:

Renato valoriza a vitória contra o Coritiba e ressalta: “Aqui dentro não tem desespero nenhum”
Com Alisson de volta, Grêmio foca no confronto contra o Santos; Geromel e Kannemann são liberados para treinos
Deixe seu comentário