Marcelo Medeiros lamento eliminação, mas avalia positivamente sua gestão: “Fizemos um resgate da autoestima do torcedor”

Marcelo Medeiros deixa a presidência colorada no dia 31 de dezembro deste ano

Foto: Reprodução / S.C. Internacional

Após a eliminação colorada nas quartas de final da Copa do Brasil, o presidente do Inter, Marcelo Medeiros, concedeu entrevista coletiva para justificar o momento em que o clube vive. Apesar da vitória no tempo normal, a equipe de Abel Braga perdeu por 6 a 5 nos pênaltis. A primeira vitória do novo técnico teve um gostinho amargo. A falta de vitórias no Campeonato Brasileiro, a troca de técnico, a eliminação na Copa do Brasil e a perda de 7 milhões de reais, balançam os últimos dias da gestão do presidente.

Estamos todos irritados, indignados. Mas viemos atrás da classificação, inclusive vencemos o jogo, porém, não tivemos sorte nas cobranças de pênaltis”, explicou Medeiros.

Sobre o novo técnico, o presidente defendeu a escolha: “O Abel é o segundo treinador que mais treinou o Inter, campeão do mundo, tem carinho, se sente em casa. No dia que ele foi anunciado a torcida se manifestou, início de trabalho sempre vai ter tropeço […] A troca do comando técnico não foi decisão da comissão, foi decisão do profissional. Agora ele está em outro clube. Mas tínhamos uma decisão mata-mata 3 dias depois que ele foi embora, então é isso, agora precisamos seguir”.

Sobre o legado que deixará para o próximo presidente do Inter, já que seu mandato termina no dia 31 de dezembro, Marcelo Medeiros se mostrou satisfeito com o trabalho feito: ”Um cara que teve que administrar tudo que eu fiz. Não foi só a série B, assumimos um clube onde a gestão anterior nos deixou prejuízos até hoje. Fizemos um resgate da autoestima do torcedor […] Vou entregar o clube na série A, brigando pelo Brasileirão. Mas daqui alguns dias, o clube vai tomar outras direção, já que logo após o jogo contra o Boca, temos a eleição”.

Agora, o colorado vai em busca da recuperação da liderança do Brasileirão. No domingo (22),  recebe o Fluminense às 18h15, no Beira-Rio, pela 22ª rodada. No meio da semana, na quarta-feira (25), recebe o Boca Juniors, pelas quartas de final da Libertadores

* Por supervisão de: Marjana Vargas

Voltar Todas de Inter

Compartilhe esta notícia:

Rodrigo Lindoso se desculpa por tumulto após eliminação para o América-MG
Como a queda na Copa do Brasil pode afetar o planejamento financeiro do Inter
Deixe seu comentário