Luta antirracista: o significado por trás do gesto de Taison no gol contra o Flamengo

Atleta levantou o braço ao alto com o punho cerrado após gol diante do Flamengo, no Maracanã

Foto: (Ricardo Duarte/S.C.Internacional)

Voltando a marcar com a camisa do Inter após 11 anos, Taison chamou a atenção com seu gesto feito após o gol que aumentou a goleada colorada em cima do Flamengo por 4 a 0, em pleno estádio do Maracanã. Em entrevista para a TV, após a partida, o capitão e camisa 10 explicou ser um ato antirracista. Causa esta que defende e engaja em suas redes sociais em outras diversas ocasiões.

“Eu sofri preconceito na Ucrânia, sofri racismo. Sempre que eu fizer gol, seja lá ou aqui, eu vou comemorar dessa maneira”, comentou Taison na saída do campo para o canal de TV detentora dos direitos do Campeonato Brasileiro. O atleta de 33 anos, passou durante 11 atuando no sudeste ucraniano, defendendo as cores do Shakhtar Donetsk. Porém, apesar de ídolo do clube com 299 partidas, sua história no país teve momentos para se esquecer.

Em 2019, o capitão passou por um triste acontecimento. Na partida diante do Dínamo Kiev, a torcida adversária começou a fazer ofensas racistas direcionadas a Taison e seu companheiro de clube e também brasileiro, Dentinho. A situação gerou revolta no camisa 10, que dentro de campo mostrou o dedo do meio para a torcida e acabou sendo expulso pelo árbitro da partida. O jogador deixou o campo chorando e dias depois foi suspenso por uma partida pela Federação Ucraniana pelo gesto obsceno e por chutar a bola em direção aos torcedores adversários.

A situação tomou repercussão mundial e gerou revolta em todos, tendo em vista que o clube de Kiev foi punido apenas com uma multa de R$87 mil, além de um jogo com os portões fechados sem a presença de torcedores. A FIFPro (Federação Internacional dos Jogadores Profissionais de Futebol) contrária a penalização do atleta, tentou a anulação do cartão vermelho, porém, sem êxito. Desde então, o atacante se pronuncia sempre, atráves de suas redes sociais, em assuntos relacionados a pauta antirracista.

* Por supervisão de: Marjana Vargas

Voltar Todas de Inter

Compartilhe esta notícia:

Coincidência ou não: após 11 anos, Taison volta a marcar pelo Inter contra o mesmo Flamengo
Próximo de anúncio oficial, novo volante do Grêmio desembarca em Porto Alegre nesta terça-feira
Deixe seu comentário