Lomba sobre noite de herói: “Equipe que teve bravura e determinação”

Depois da lesão de Danilo Fernandes, a pressão por manter as boas atuações na meta colorada recaíram sobre o reserva Marcelo Lomba, especialmente, pelas atuações inseguras do camisa 12 em 2016. Quando todos imaginavam que a meta seria um problema, o substituto respondeu com grandes atuações e se tornou herói da classificação na Copa do Brasil. No aeroporto Salgado Filho, conversou rapidamente com os jornalistas presentes na chegada do Internacional.

“É sempre bom voltar para a casa e receber o apoio da torcida. Temos esse reconhecimento do trabalho, sabendo que foi fruto de uma equipe que teve bravura e muita determinação, que foi lá em São Paulo buscar esse resultado. Sempre vem essa recompensa, que é poder ver o torcedor feliz, poder ganhar confiança para o seguimento do trabalho”, exaltou Lomba.

Diante do Corinthians, o goleiro teve duas exibições de gala. Na partida de ida, no Estádio Beira-Rio, salvou o Internacional em diversas oportunidades. Já no jogo de volta, fez grandes defesas nos 90 minutos, mas se consagrou mesmo nas penalidades, defendendo as cobranças de Maycon e Marquinhos Gabriel.

“Procurei respirar fundo e pensar bastante que eu ia pegar os pênaltis. Deu pra ver eu falando: ‘Vou pegar’. Quando chega os pênaltis é uma pressão, principalmente pra quem bate. Nós goleiros temos que manter a frieza para ter uma leitura do que vai acontecer e poder ter vantagem de qualquer informação que o atleta possa passar”, afirmou.

Marcelo Lomba e companhia retornam a campo no próximo domingo (23), contra o Caxias, pelo Campeonato Gaúcho. A Rádio Grenal transmite ao vivo, a partir das 16h, através do 95.9 fm, aplicativos para smartphones e site oficial.

Confira a entrevista:

Comentários