Invasão de Ramirez na área técnica pode resultar em gancho ao treinador do Inter

Miguel Ángel Ramirez pode ser julgado pelo TJD por ter invadido a área técnica sem ter autorização

Foto: Eduardo Deconto

Ontem (15), a vitória do Inter em cima do Ypiranga por 4 x 2 ainda não foi a estreia oficial de Miguel Ángel Ramirez. Entretanto, o treinador participou efetivamente durante vários momentos do jogo dando instruções ao seu auxiliar técnico Martín Anselmi.

Nos primeiros 20 minutos de partida, Ramirez dava instruções da arquibancada para Osmar Loss – que estava definido como treinador principal para o jogo – que repassava ao auxiliar técnico do espanhol. Contudo, a tática não durou muito, e o treinador começou a reportar o que queria do time diretamente a Martín Anselmi. Com isso, o treinador chegou a invadir a área da comissão técnica duas vezes durante o jogo, o que seria uma infração e que pode acarretar em julgamento e pena ao treinador colorado.

Conforme apurado pela equipe de reportagem da Rádio Grenal, a suspensão pode gerar um gancho de 15 a 180 dias ao infrator. Por não estar registrado no BID, Ramirez não estava considerado dentro do núcleo de atletas, comissão técnica e/ou médicos do clube. Por isso, a sentença seria aplicada ao treinador considerando-o “outra pessoa natural” dentro do estádio. Quem está inserido no núcleo, em caso de punição pegaria de um a três jogos como pena.

Entrentanto, tendo em vista que Miguel é réu primário, o colorado tentará uma Transação Disciplinar para transformar a pena em multa. Artifício similar já utilizado anteriormente com Eduardo Coudet quando foi denunciado pela confusão no Grenal em Caxias do Sul. Em súmula, Jean Pierre Lima, árbitro principal da partida, relatou que viu uma vez Ramirez invadindo a área técnica e que depois de informado o treinador não ingressou novamente.

As imagens que registraram os momentos que Miguel Ángel Ramirez conversou diretamente com seu auxiliar-técnico fora da arquibancada foram utilizadas na denúncia ao TJD-RS (Tribunal de Justiça Desportiva do Rio Grande do Sul) feita na tarde desta segunda-feira (15).

* Por supervisão de: Marjana Vargas

Voltar Todas de Inter

Compartilhe esta notícia:

Quase fechado com o Fortaleza, Isaque não viaja para o Equador
Marcos Herrmann nega altos investimentos em contratações e pondera: “Nós sabemos da nossa realidade”
Deixe seu comentário