Internacional busca formação ideal para enfrentar a Ponte Preta no próximo domingo


Por: Kalleb França, jornalista, radialista e repórter na @rdgrenal

Em uma das manhãs mais geladas do ano na capital gaúcha, o Internacional treinou no CT Parque Gigante diante dos olhares atentos do técnico Paulo Roberto Falcão. A tentativa de implementar uma nova filosofia de futebol para, além de mudar a forma de jogar, alcançar as vitórias tão aguardadas pela torcida, segue como um objetivo a ser alcançado em cada trabalho diário.

Na primeira parte das atividades, o grupo foi dividido em dois e alguns j ogadores trabalharam na academia enquanto o restante foi para o gramado. Depois todos foram para o gramado para realizar um trabalho técnico tático. Hoje, foi o dia de trabalhar as jogadas de transição que, para muitos, é lenta e de pouca objetividade ofensiva. Com toques rápidos e explorando a velocidade dos jovens, Falcão exigiu inteligência e cuidado para não errar passes e ceder o contra ataque durante a transição da defesa para o ataque.

As dúvidas para a partida contra a Ponte Preta ficam por conta dos substitutos de William e Rodrigo Dourado que se apresentaram na Seleção Brasileira para a disputa das olimpíadas. Em busca de uma solução, Falcão esboçou a defesa com mudanças nas duas laterais, com Fabinho na direita na vaga de William, e Gefferson no lugar de Raphinha.

Comentários