Na Bombonera, Inter vence o Boca Juniors por 1 a 0, leva aos pênaltis, mas é eliminado na Libertadores

Foto: Ricardo Duarte/ S.C. Internacional

Com um time cheio de surpresas, o Internacional mesmo em um bom jogo e vencendo, perdeu nos pênaltis para o Boca Juniors e está eliminado da Copa Libertadores. As surpresas foram os nomes de Praxedes como titular e as ausências de Heitor e Uendel, que vinham sendo os laterais titulares.

PRIMEIRO TEMPO

A partida começou dura, logo no primeiro minuto o lateral Moisés já estava amarelado após um carrinho em Buffarini. E três minutos depois o lateral colorado já esteve envolvido em outro princípio de confusão, após uma falta em Tévez. Nos minutos seguintes as duas equipes pouco agrediram, com o Inter mantendo o controle da partida em La Bombonera.

Até que aos 17 minutos a melhor chance colorada até então, em uma bela jogada trabalhada entre Edenílson e Patrick, que serviu Thiago Galhardo na entrada na área, o centroavante colorado carimbou o travessão argentino. Aos 31 minutos, o colorado chegou perigosamente. Marcos Guilherme recebeu na entrada da área e, ao perceber a saída de Andrada, deu um leve toque. A bola saiu fraca e o goleiro do Boca pegou.

Com um bom volume de jogo e mais posse de bola, o Inter seguiu incomodando o time xeneize, empilhando duas chances de cabeça, com Praxedes e Galhardo, ainda antes dos 30 minutos da primeira etapa. E depois o Boca conseguiu segurar as investidas coloradas até o final do primeiro tempo, que terminou 0x0.

SEGUNDO TEMPO

Logo no início da segunda etapa em um cruzamento rasteiro de Moisés, o sonho da classificação colorada se manteve vivo, pois Frank Fabra empurrou contra o próprio gol e abriu o placar a favor do time gaúcho. Nos minutos seguintes começou a pressão xeneize, por cima, por baixo, de todas as formas que podiam a defesa colorada ia se segurando e levando a partida para os pênaltis. Mesmo assim na qualidade individual o Boca continuava pressionando, quando com 13 minutos o goleiro Marcelo Lomba salvou a equipe colorada em um chute colocado de Carlitos Tévez. O Boca Juniors parecia já cansado, mas ainda insistia nas bolas aéreas, enquanto Marcelo Lomba com suas interceptações seguia fazendo uma boa partida.

O Inter ia tentando em contra-ataques, e foi em um que o atacante Peglow descolou um escanteio, e nele o zagueiro Victor Cuesta perdeu a chance de selar a classificação colorada depois da lambança do goleiro Andrada. O Inter foi pessionando um Boca cansado na reta final da partida, que ainda acabou com o jogador Obando sendo expulso. Em um fim de partida tenso e de muita pressão colorada, o Boca conseguiu se segurar e a partida foi para os pênaltis.

E depois de uma disputa de pênaltis apertada, Rodrigo Lindoso e Peglow desperdiçaram suas cobranças (Peglow nas alternadas) e o Inter acabou, mesmo com a vitória e a boa atuação, eliminado da Copa Libertadores da América 2020.

* Por supervisão de: Marjana Vargas

Voltar Todas de Inter

Compartilhe esta notícia:

Prováveis escalações: quem deve ir à campo em Boca Juniors x Inter
Abel lamenta eliminação nos pênaltis mas ressalta atuação colorada: ”Merecíamos uma sorte melhor”
Deixe seu comentário