Inter surpreende e elimina o Corinthians na Copa do Brasil; Lomba brilha nos pênaltis

Em desvantagem no confronto contra o Corinthians, o Internacional foi até São Paulo buscar a classificação para as oitavas-de-final da Copa do Brasil 2017. Mesmo sem os titulares D’Alessandro, Edenílson e Carlinhos, o colorado surpreendeu os mandantes com um novo empate por 1×1 e avançou nos pênaltis.

Antônio Carlos Zago ainda vive a sina de não repetir a escalação da equipe. Desta vez, já sabia que não conseguiria, em função da suspensão do lateral Carlinhos pelo terceiro cartão amarelo. Edenílson e D’Alessandro, machucados, deram lugar a Anselmo e Roberson, respectivamente. Felipe Gutiérrez fez a estreia como titular.

Início fraco e reação nos 90 minutos

Como já era esperado, o Corinthians começou pressionando e logo achou o seu gol, através de uma jogada despretensiosa. Fagner cobrou lateral para dentro da área, Jô errou o domínio e a bola sobrou limpa para Maycon entrar chutando, sem chances para Marcelo Lomba. Na sequência, ainda se aproveitando da desatenção da defesa, Jô recebeu no meio dos zagueiros, avançou e finalizou muito perto da trave.

A resposta do Inter veio com a ajuda da torcida corinthiana, quando o árbitro precisou interromper a partida por causa de sinalizadores acessos nas arquibancadas. A pausa esfriou o ímpeto alvinegro e abriu espaço para os avanços do clube de Porto Alegre. Somado a isso, Valdívia substituiu Roberson, que saiu lesionado, e deu mais mobilidade ao meio-campo. Brenner e William quase empataram o placar, mas esbarraram no goleiro Cássio.

No segundo tempo, o Internacional conseguiu manter o equilíbrio ofensivo. Zago colocou Carlos no jogo, sacou Felipe Gutiérrez e ganhou poder de fogo. O empate veio na metade final da etapa complementar. Carlos cabeceou para a grande defesa de Cássio, e ,no rebote, Nico López soltou uma bomba que desviou em Fagner e entrou.

O empate, que encaminhava as cobranças de pênaltis, interessava aos gaúchos. O comandante colorado ainda colocou Diego no lugar de Nico, antes da espetacular defesa de Marcelo Lomba, que salvou o Internacional da derrota. Nos acréscimos, Valdívia e Diego quase marcaram o gol da vitória, no entanto, brilhou mais uma vez a estrela de Cássio.

Nas penalidades máximas, Marcelo Lomba, depois de duas grandes atuações contra o Corinthians, mostrou que merece estar substituindo Danilo Fernandes efetivamente. O goleiro defendeu as cobranças de Maycon e Marquinhos Gabriel, e contou com o nervosismo de Guilherme Arana, que isolou a bola, para colocar o Internacional nas oitavas da Copa do Brasil 2017.

Comentários