Inter empata em 1 a 1 com o América-MG no Campeonato Brasileiro

Foto: Ricardo Duarte / S.C. Internacional

Jogando em Belo Horizonte (MG) na noite deste domingo, o Inter empatou com o América Mineiro, em confronto válido pela sétima rodada do Campeonato Brasileiro. O resultado deixa o time gaúcho em décimo-terceiro lugar na tabela (9 pontos). A equipe volta a campo na quarta-feira em casa, contra o Palmeiras, terceiro colocado (13 pontos).

O time sob o comando de Diego Aguirre saiu perdendo com um gol do centroavante Ribamar aos 33 minutos do primeiro tempo, mas o volante Rodrigo Dourado igualou para os gaúchos aos 31 minutos da etapa complementar. O mesmo Ribamar ainda marcaria pela segunda vez no desenrolar do duelo, mas o lance acabou invalidado.

Nos minutos finais do confronto no Estádio Independência, o volante colorado Edenilson precisou vestir a camisa de goleiro no lugar de Daniel, que se lesionou quando a equipe já havia esgotado o limite de substituições. “Foi uma situação atípica, mas no Genoa [Itália] eu tinha passado por uma experiência assim”, relembrou após o apito final.

A partida

A primeira etapa teve chances claras em ambas as metas. A principal veio dos pés de Rodolfo José, que mesmo com o gol quase aberto diante de si, desperdiçou a chance de abrir o marcador contra os visitantes. Mas em seguida o centroavante Ribamar recebeu cruzamento de Juninho Valoura e cabeceou para o fundo das redes, abrindo marcador.

Na segunda etapa, o mesmo Ribamar marcaria o seu segundo gol na partida, mas a jogada acabou invalidade por conta de um toque de mão de Alan Ruschel no início do lance. O time mineiro também reclamou de um suposto pênalti minutos depois, em vão.

Mas foi o Inter quem marcou pouco depois. Depois de tabela bem-feita na entrada da área, o volante Rodrigo Dourado recebeu um passe do calcanhar de Edenilson e, de primeira, chutou no canto superior direito. A confirmação do empate, no entanto, precisou esperar por vários minutos até o juiz analisar se havia ou não impedimento.

Já nos acréscimos da partida, o goleiro colorado Daniel ficou tonto após uma dividida e precisou deixar o gramado. Como o técnico Diego Aguirre – em sua segunda partida desde que reestreou no comando do Inter – já havia promovido as cinco substituições permitidas, então o jeito foi mandar Edenílson para as traves.

O América teve, pelo menos, duas chances para conseguir marcar mais vezes, mas as desperdiçou. O Inter, em sua primeira grande chance após sair atrás, conseguiu guardar a bola dentro da rede, fazendo com que as chances fizessem falta no fim.

Ficha técnica

– América-MG: Cavichiolli, Eduardo, Bauermann, Anderson Jesus, Alan Ruschel, Zé Ricardo (Sabino), Valoura, Felipe Azevedo (Kawê), Marcelo Toscano (Bruno Nazário), Ribamar e Rodolfo (Carlos Alberto). Técnico: Vágner Mancini.

– Inter: Daniel, Saravia, Lucas Ribeiro (Pedro Henrique), Victor Cuesta, Heitor, Rodrigo Dourado, Johnny (Edenílson), Mauricio, Lucas Ramos (Yuri Alberto), Patrick (Léo Borges) e Thiago Galhardo (Vinicius Mello). Técnico: Diego Aguirre.

– Arbitragem: Bráulio da Silva Machado, auxiliado por Kleber Lucio Gil e Henrique Neu Ribeiro. No VAR,
Ronei Cândido Alves.

* Por supervisão de: Marjana Vargas

Voltar Todas de Inter

Compartilhe esta notícia:

América-MG x Inter: Escalações, momentos, arbitragem e transmissão
Após empate, Aguirre questiona calendário brasileiro: “É difícil manter o ritmo”
Deixe seu comentário