Inter é denunciado por cantos homofóbicos em clássico Grenal e contra Athletico-PR

A torcida colorada usou cantos homofóbicos e o clube foi denunciado pelo Coletivo de Torcidas Canarinhos LGBTQ

Foto: (Ricardo Duarte/S.C.Internacional)

Na quinta-feira (09), o Inter define se jogará ou não a Copa Libertadores da América em 2022. Porém, antes do confronto contra o Bragantino, o clube foi incluído junto de outros sete por atos homofóbicos após denúncia do Coletivo de Torcidas Canarinhos LGBTQ.

De acordo com a Notícia de Infração do Coletivo, no Grenal 434 é possível ouvir um coro de pessoas gritando: “Atirei o pau no Grêmio e mandei tomar no c*, oh gremista filho da p*, chupa r* e dá o c*”. A denúncia destaca ainda que o mesmo cântico foi proferido também na partida entre Inter x Athletico- PR, no dia 13 de novembro.

Fluminense, Náutico, Ceará, Atlético-MG, Remo, Paysandu e Corinthians também foram denunciados por atos homofóbicos. Todas as Notícias de Infração foram encaminhadas para análise da Procuradoria, que definirá a denúncia caso seja analisado comprovação da infração se o caso será arquivado. O Procurador-geral Ronaldo Piacente será o responsável pela definição do caso.

* Por supervisão de: Marjana Vargas

Voltar Todas de Inter

Compartilhe esta notícia:

Às vésperas de decisão, Douglas Costa solicita liberação para festa e tem pedido negado
As diferenças de valores entre a Libertadores e Sul-Americana
Deixe seu comentário