Inter desperdiça chances e perde para o Palmeiras na Copa do Brasil

O adversário da vez na Copa do Brasil era simplesmente o atual campeão brasileiro, fora de casa. Nada de mais, para uma equipe que eliminou o Corinthians em Itaquera pela mesma competição. No entanto, o Internacional, apesar de criar oportunidades claras, não conseguiu converter em gols e saiu derrotado pelo placar de 1×0, com gol contra do zagueiro Léo Ortiz.

Antônio Carlos Zago conseguiu repetir a escalação pela primeira vez na temporada. A equipe que entrou em campo na estreia do Campeonato Brasileiro Série B, foi a mesma que esteve no gramado da Allianz Arena. Daniel, William, Léo Ortiz, Víctor Cuesta e Uendel; Rodrigo Dourado, Felipe Gutiérrez, Fabinho e D’Alessandro; Marcelo Cirino e Nico López foram os titulares desta noite.

Surpresa em campo

Quem esperava um Internacional acuado e esperando o adversário, se enganou. O clube gaúcho foi pra cima do Palmeiras e manteve boa posse de bola no começo da partida. Em cobrança de escanteio do capitão D’Alessandro, Borja desviou contra a própria trave, no rebote Cirino finalizou e novamente o atacante alviverde interferiu, afastando o perigo. Na sequência, o reforço colorado mais uma vez assustou Fernando Prass, com uma cabeçada que foi pela linha de fundo.

Os comandados de Zago, após o início fulminante, perderam força e viram os mandantes crescerem na partida. Alejandro Guera fez grande jogada, deixando Cuesta no chão e finalizando para fora. No lance seguinte, veio a ducha de água fria. Willian Bigode recebeu de Felipe Melo na direita, cruzou rasteiro na área e contou com o desvio contra de Léo Ortiz para abrir o placar. Aproveitando-se do bom momento, Dudu puxou contra-ataque e achou Borja nas costas do jovem zagueiro colorado. O colombiano driblou o goleiro Daniel e por pouco não ampliou a vantagem, mandando a bola na trave.

A etapa complementar teve um começo menos intenso. O Palmeiras chegou somente aos 17 minutos, na jogada dos colombianos, quando Mina arrancou do campo de defesa e cruzou para Borja cabecear por cima. Willian Bigode tentou deixar o dele, chutando com força da entrada da grande área, porém parou na grande defesa de Daniel. A reposta veio dos pés do lateral William, que criou boa jogada na linha de fundo e cruzou para Cirino finalizar fraco, nas mãos de Prass. A oportunidade mais clara de empate, no entanto, saiu de uma falta cobrada por D’Alessandro. O argentino mandou na cabeça de Rodrigo Dourado, que cabeceou de peixinho, e só parou na espetacular defesa do arqueiro palmeirense.

Inter e Palmeiras voltam a se encontrar no dia 31, pelo jogo de volta da Copa do Brasil. No Estádio Beira-Rio, os colorados precisam de uma vitória por dois gols de diferença para a classificação direta. A Rádio Grenal transmite ao vivo, através do 95.9 fm, aplicativos para smartphones e site oficial.

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se você encontrar algo que viole os termos de uso, denuncie.