Inter afasta possibilidade de contratação e vê solução caseira para repor saída de Gustavo

Foto: (Ricardo Duarte/S.C.Internacional)

A saída de Gustavo para o futebol da Coreia do Sul abriu uma lacuna de reposição para as peças do ataque do Inter. Apesar disso, não significa que a transferência do jogador seja sinônimo de uma nova contratação. Pelo contrário, pela situação de dificuldades em virtude da paralisação do futebol com a pandemia da Covid-19, esta opção é a menos cogitada pelos dirigentes.

Em entrevista à Rádio Grenal, o vice-presidente João Patrício Herrmann fez diversos apontamentos que indicam que a vaga deixa pelo atacante será ocupada a partir do aproveitamento do próprio elenco, além de opções que vêm das categorias de base.

“É uma questão que vou responder de várias formas. Primeiro lugar, o Inter está com situação financeira muito delicada e não vamos fazer nenhum investimento que comprometa mais anda a situação do clube. Segundo, o Inter sempre tem três ou quatro atletas em vista para suprir algum jogador, sem contar a base, que tem nos dado bastante jogadores”, destacou o dirigente.

Seguindo sua explanação, Herrmann fez uma ressalva ainda sobre nomes que, por exemplo, estão fora de Porto Alegre por empréstimo, e indicou que o clube irá buscar a solução dentro do próprio elenco: “Existe uma permanente análise de jogadores que estão ou não no estádio Beira-rio. O Inter cuida bastante do que é seu. A terceira é uma questão muito peculiar. Nós temos um elenco com tamanho bom, com várias opções táticas e podemos buscar a solução dentro do nosso próprio elenco”.

E, dentro das opções que estão no estádio Beira-Rio, um nome pode ganhar novo status na equipe. Trata-se de William Pottker. Em alta com o técnico Eduardo Coudet, o jogador tem sido alvo de elogios pelo rendimento nos treinos, neste período sem jogos.

A moral com o treinador também influência na sua situação no clube, que a pedido do próprio Coudet já trabalha para ampliar seu contrato. O atual vínculo se estende até maio de 2021.

Aos 26 anos, o jogador recebeu poucas oportunidades, somando apenas duas partidas até a parada do futebol. No final do ano passado, o atacante teve poucas amostragens em virtude de uma sequência de lesões. A última, na coxa esquerda, o deixou de fora do final da temporada passada.

 

 

* Por supervisão de: Marjana Vargas

Voltar Todas de Inter

Compartilhe esta notícia:

De pênalti, Messi atinge marca dos 700 gols
Elogiado por Tetê e referência em estrutura para a base: confira os detalhes do CT que irá receber o Grêmio em Criciúma
Deixe seu comentário