Ídolo colorado, Rafael Sóbis anuncia aposentadoria do futebol

Rafael Sóbis anunciou nesta terça-feira (09) sua aposentadoria do futebol

Foto: Divulgação | S. C. Internacional

Responsável direto pelos dois títulos da Copa Libertadores da América do Inter, Rafael Sóbis anunciou, nessa terça-feira (09), sua aposentadoria do futebol. Após a vitória do Cruzeiro diante do Brusque, pela Série B do Campeonato Brasileiro, o ídolo colorado pendurou as chuteiras aos 36 anos.

Revelado pelo Celeiro de Ases, Sóbis fez história já na sua primeira partida como profissional. Estreando com a camisa colorada profissionalmente, o atacante entrou ao decorrer da partida e marcou um golaço, o primeiro da sua carreira. Dois anos depois, o atacante daria a América para o torcedor colorado.

No dia 9 de agosto de 2006, Rafael Sóbis protagonizou no estádio do Morumbi uma das maiores atuações de um jogador com a camisa colorada. Com os dois gols marcados, o time gaúcho levou uma boa vantagem para decidir a final da Libertadores daquele ano no estádio Beira-Rio. Era o guri de Erechim marcando seu nome na história.

Colorado de carteirinha, Sóbis retornou ainda outra vez a Porto Alegre para defender a camisa alvirrubra. Em 2010, o jogador foi novamente decisivo e com gol no Beira-Rio diante do Chivas, o Inter se tornou bicampeão da Copa Libertadores da América.

Com a camisa do Cruzeiro, o jogador já havia comunicado o restante do grupo de jogadores que em caso de vitória diante do Brusque, iria anunciar sua aposentadoria do futebol. Sóbis tinha como objetivo deixar o time em uma situação mais tranquila na Série B do Campeonato Brasileiro, evitando um possível rebaixamento para a terceira divisão nacional.

Após a partida, Rafael Sóbis comentou sobre sua passagem no futebol:

“O tempo passa, uns tem que sair para outros chegarem. Uma noite especial, com vitória. Eu avisei que se a gente vencesse e ficasse tranquilo iria ser meu último jogo. Então acabou, fica a história. Vou nascer de novo para uma nova vida e sempre torcendo, sempre que puder estarei aqui nesse estádio (Mineirão). E que o Cruzeiro volte logo para o seu lugar.

Eu tive uma carreira muito vitoriosa, então é difícil. Eu seria injusto com alguns momentos se eu escolhesse outro. De ponta a ponta eu só tenho a agradecer os lugares que fui, as camisas que vesti, as cidades que morei, as culturas que aprendi. Eu levei muito do futebol, me ensinou muito. Então, estou feliz para caramba, encerrando com uma vitória para coroar um pouquinho.”

O Inter também agradeceu através de suas redes sociais, a história que Rafael Sóbis construiu no clube:

“As chuteiras que libertaram a América foram penduradas. E que orgulho da carreira que o menino de Erechim construiu desde o golaço em Caxias! Do Celeiro para o mundo, Rafael Sóbis será sempre lembrado como um dos maiores da nossa história! Te amamos, ídolo!”

Rafael Sóbis passou por sete clubes diferentes, com 12 títulos conquistados. Ao longo de 17 anos de carreira, o atacante atuou em 765 partidas, marcando 174 gols.

Clubes por onde passou:

2004 – 2006 – Internacional

2006 – 2008 – Real Bétis

2008 – 2012 – Al-Jazira

2010 – 2011 – Internacional

2011 – 2014 – Fluminense

2015 – 2016 – Tigres (MEX)

2016 – 2018 – Cruzeiro

2019 – 2020 – Internacional

2020 – Ceará

2020 – 2021 – Cruzeiro

Títulos conquistados

Internacional
Copa Libertadores da América (2006, 2010)
Campeonato Gaúcho (2004, 2005, 2011)

Fluminense
Campeonato Brasileiro (2012)
Campeonato Carioca (2012)

Tigres
Campeonato Mexicano (2015)

Cruzeiro
Copa do Brasil (2017, 2018)
Campeonato Mineiro (2018)

Ceará
Copa do Nordeste (2020)

Seleção Brasileira
Medalha de Bronze Jogos Olímpicos (2008)

* Por supervisão de: Marjana Vargas

Voltar Todas de Inter

Compartilhe esta notícia:

Denis Abrahão rebate punição da Arena sem público: “Responsabilidade não é do Grêmio”
Diego Souza se torna o 9º maior artilheiro da história do Brasileirão
Deixe seu comentário