Guerrero marca, e colorado estreia no Campeonato Brasileiro com vitória

Foto: (Ricardo Duarte/S.C.Internacional)

Após 11 anos sem vitória em estreias na Série A do Campeonato Brasileiro, o Inter finalmente estreou conquistando os três pontos. O colorado enfrentou o Coritiba, no Estádio Couto Pereira, neste sábado (8), e venceu a partida por 1×0, com gol do artilheiro da equipe, Paolo Guerrero.

Apesar de um início de jogo morno, o colorado conseguiu manter a posse de bola e por vezes conseguiu chegar na área adversária. A equipe de Eduardo Coudet só ameaçou em dois chutes, com Saravia e Moisés. No entanto, a partida foi se arrastando e os times pouco finalizavam. A melhor chance foi do Coxa: Galdezani, que recebeu na intermediária e mandou uma bomba para o gol de Marcelo Lomba. A bola explodiu no travessão. Com o decorrer dos minutos, o colorado foi tomando conta da partida, mas ainda sim, pouco chegou no gol do Coritiba.

Logo no início do segundo tempo, Bruno Fuchs tomou cartão amarelo, por uma entrada forte em Robson, atacante do Coritiba. Aos 10 minutos, a primeira grande chance do colorado na partida: Lindoso recebeu pela direita e cruzou no segundo poste para Pottker, que desviou de cabeça, mas para fora.

Já na metade da segunda etapa, o árbitro Bruno Arleu de Araújo amarelou Bruno Praxedes pelo lado colorado e Welissol pelo Coxa. Após os amarelos, Coudet precisou mudar a equipe. Thiago Galhardo entrou no lugar de Praxedes, e o meia Boschilia no lugar de Marcos Guilherme. Três minutos após a mudança, veio o gol da vitória colorada. Galhardo recebeu na intermediária, invadiu a área e rolou para trás, para Guerrero, que de primeira, bateu no gol de Wilson. Esta foi a sexta assistência do meia no ano. Após o gol, o Coxa até tentou pressionar, mas não encontrou espaço.

Com a vitória, o colorado soma três pontos na tabela e dorme como vice-líder do Brasileirão.

Ficha técnica:

Coritiba: Wilson; Patrick Vieira, Rodolfo Filemon, Sabino e William Matheus; Nathan Silva, Galdezani (Matheus Bueno), Gabriel (Vanderlei), Ruy (Renê Júnior) e Robson (Wellissol); Igor Jesus (Sassá). Técnico: Eduardo Barroca.

Internacional: Marcelo Lomba; Saravia, Victor Cuesta, Bruno Fuchs e Moisés; Rodrigo Lindoso, Marcos Guilherme (Thiago Galhardo), Praxedes (Boschilia) e Patrick (D’Alessandro); Pottker e Guerrero (Zé Gabriel). Técnico: Eduardo Coudet.

Arbitragem: Bruno Arleu de Araujo, auxiliado por Thiago Henrique Neto Correa Farinha e Daniel do Espirito Santo Parro. VAR: Carlos Eduardo Nunes Braga.

* Por supervisão de: Marjana Vargas

Voltar Todas de Inter

Compartilhe esta notícia:

Após último treino, Inter viaja para Curitiba para estrear no Brasileirão
O que Inter e Grêmio podem almejar no Brasileirão 2020?
Deixe seu comentário