Guerrero assina rescisão e não é mais jogador do Internacional

Centroavante deixa o clube com 32 gols em 72 jogos

Foto: Ricardo Duarte / S.C. Internacional

Nesta terça-feira (26), o jogador Paolo Guerreiro oficializou sua saída do Internacional. O centroavante peruano e o clube entraram em um acordo de rescisão de contrato, após pouco mais de três anos desde que o jogador foi anunciado pelo clube. Guerrero havia pedido dispensa no dia 11 de outubro, alegando problemas particulares.

Confira aqui a nota oficial na íntegra:

“O Sport Club Internacional e o atleta Paolo Guerrero, após interesse mútuo, ajustaram o término antecipado do contrato de trabalho. Grande ídolo do futebol peruano e com reconhecida carreira mundial, o atacante vestiu a camisa colorada em. O clube agradece e deseja sucesso na sequência da carreira.”

Sua chegada a Porto Alegre no ano de 2018 animou a torcida colorada. Porém, por conta da suspensão pelo anti-doping naquele ano, ele não foi a campo em nenhum jogo. No ano seguinte foi a grande estrela da temporada, com gol no seu jogo de estreia. Além disso, a equipe chegou as finais da Copa do Brasil, com Guerrero sendo eleito o melhor jogador e artilheiro do campeonato. Já em 2020, uma lesão no joelho, que persistiu no ano posterior, o afastou dos campos. Guerrero deixa o clube com 72 jogos e  32 gols marcados.

 

* Por supervisão de: Marjana Vargas

Voltar Todas de Inter

Compartilhe esta notícia:

“É necessário ter calma”, afirma Mancini após derrota em Goiânia
Grêmio recebe proposta de clube da MLS por Douglas Costa
Deixe seu comentário