Favorável à proposta da FGF, Inter aguarda por retomada do futebol a partir de julho

Decisão sobre a volta do Gauchão será definida nesta quarta-feira (13)

Foto: (Ricardo Duarte/S.C.Internacional)

Após a reunião com a Federação Gaúcha de Futebol e os demais clubes, o Inter acenou de forma positiva pela proposta da entidade para a sequência do Campeonato Gaúcho. O plano pela retomada prevê os treinamentos em julho e a volta aos jogos no mês de agosto, com uma novidade no regulamento: não ter rebaixamento em 2020.

Em entrevista à Rádio Grenal, o vice-presidente do Inter, João Patrício Hermann, que representou o colorado na reunião, afirmou que a aguarda pela retomada do futebol a partir de julho: “Eu participei, em nome do Inter, de uma reunião importante, para definir o futuro do Gauchão. Amanhã (quarta-feira) a gente continua. O Inter está de acordo com a proposta da FGF e espera a retomada do futebol gaúcho em julho, ou depois. Os protocolos de saúde serão respeitados pelo Inter, mas temos que pensar no futuro do futebol gaúcho. A retomada seria importante, sem falar no respeito aos patrocinadores, a quem transmite o futebol e aos associados”.

Preocupado com a situação financeira devido à paralisação das competições, o dirigente, que classificou como o pior momento econômico do clube, aponta que o futebol vive uma situação delicada, especialmente pela queda de receitas.

“Como dirigente do Inter, estou preocupado. A situação do futebol brasileiro ainda está muito delicada. O Inter continua nessa batalha para que a gente retome o futebol, que é a razão de ser de todos os clubes. Não é hora de brincar e ser irresponsável. Não é hora de assumir compromissos que não poderemos cumprir. O futebol brasileiro vive uma situação bastante delicada”.

Em meio ao cenário de perda de receitas, o clube vive um impasse com a Turner, que possui direitos de televisão fechada para a transmissão do Campeonato Brasileiro, e que indicou a possibilidade de rescisão de contrato.

“Não só os valores da Turner, que não sabemos se vamos receber, mas temos adiamentos importantes do Brasileiro e a falta de receitas que teríamos da Libertadores. Realmente, não temos atualização sobre a Turner. O Inter tem contrato com a Turner até o final do ano e vamos cumprir a nossa parte. Nós esperamos que a Turner também cumpra a sua parte”, declarou João Patrício Hermann.

* Por supervisão de: Marjana Vargas

Voltar Todas de Inter

Compartilhe esta notícia:

Com renda da comercialização de máscaras, Grêmio reúne mais de 8 toneladas de alimentos para distribuir às comunidades carentes no entorno da Arena
Na Justiça: ex-preparador de goleiros do Grêmio foi demitido sem a realização de recomendação cirúrgica, aponta advogada
Deixe seu comentário