Executivo do Inter faz elogio a Lucas Pratto, mas nega negociação


Por: Valeria Possamai,

Em entrevista exclusiva à Rádio Grenal, nesta sexta-feira, o executivo de futebol do Inter Rodrigo Caetano falou sobre as negociações do clube para a próxima temporada. Em meio a busca por novos reforços, o clube mantém cautela por conta da situação financeira, e para isso, a estratégia é manter alguns dos titulares mesclando com a utilização da base, que passará pela avaliação do técnico Eduardo Coudet.

“É muito complicado falar em nomes, pois isso acaba dificultando as negociações e mexe com o imaginário do torcedor, gerando uma expectativa, mas, em silêncio, estamos trabalhando. Temos que ter cuidados com fator financeiro, mas estamos procurando reforçar. O primeiro objetivo é na manutenção do que temos de melhor, procurando agregar valores ao grupo”, declarou Caetano.

Em meio às especulações de nomes, o dirigente negou que haja tratativas pelo atacante Lucas Pratto, de 31 anos, e que está no River Plate: “É um grande jogador, mas não há nenhuma negociação.”

Para a contratação de Pratto, o colorado teria que desembolsar R$ 4 milhões de dólares. O clube argentino possui uma dívida com o São Paulo referente a contratação do jogador, o que pode se tornar um facilitador no negócio.

Mesmo com a chegada do fim de 2019, o departamento de futebol ainda evita dar prazos sobre anúncios de reforços. O que já sabe, ao menos, é o clube possui acerto com dois nomes: Rodinei, lateral que atuou pelo Flamengo, Damián Musto, volante, que pertence ao Tijuana, do México, e atualmente está no Huesca, da Espanha. “Impossível dar prazo. Não vamos fazer algo de forma açodada para depois ter problemas. Seguimos trabalhando com calma, e quando as etapas se concluírem, vamos comunicar os torcedores.”

Enquanto garimpa o mercado da bola, o Inter ainda trata sobre a renovação de Danilo Fernandes. O goleiro possui vínculo até maio de 2020. “Ele tem desejo de permanecer e nós também temos esse desejo. Quando a gente definir todas as etapas da negociação, vamos comunicar o torcedor. Seguimos negociando com calma.”

Confira outros trechos da entrevista de Rodrigo Caetano:

Negociação envolvendo o volante Charles: “Temos algumas propostas por ele. Estamos avaliando. Precisamos de vendas pra fechar o ano e essa é mais uma situação. A intenção é, em caso de venda, ficar com percentual pra futuro negócio.”

Interesse do Monaco no zagueiro Bruno Fuchs: “Não tivemos proposta. Consultas são normais. Pensamos em utilizar ele cada vez mais. Pra ele sair, só em caso de algo muito interessante e que nos rendesse também a frente.”

Sobre a utilização dos jovens das categorias de base: “Queremos ter pelo menos 1/3 do elenco de atletas formados na base. Precisamos de qualidade no elenco, mas quem vai avaliar e dar a palavra final é o treinador.”

Imagem: (Rubens Chiri/saopaulofc.net)

 

 

Comentários

>