Ex-técnico das seleções de base fala sobre Yuri Alberto: “É um jogador que pode se tornar top mundial”

Foto: Divulgação/ CBF

O ex-técnico da Seleção Brasileira sub-17 e sub-20, Carlos Amadeu, conversou com a Rádio Grenal sobre as novas contratações do Interl, Lucas Ribeiro e Yuri Alberto, com quem trabalhou quando era comandante da amarelinha.

Amadeu comandou Lucas Ribeiro na disputa do Sul-Americano 2019 com a seleção brasileira sub-20. Foi lá que o o atleta chamou atenção dos alemães e foi contratado pelo Hoffenheim: “Ele é muito bom no 1 contra 1, têm bons recursos de recuperação. Ele precisava melhorar a questão do cabeceio, que no clube da Alemanha devem ter trabalhado isso também”. O técnico destacou as qualidades de Lucas não só dentro de campo: “Fora de campo é tímido, retraído, mas é um cara que pensa muito no coletivo“.

Lucas Ribeiro chega para ser opção para a possível saída de Bruno Fuchs, que está sendo negociado com o Lille Olympiqueda França. “As primeiras contratações do Bruno na seleção fui eu que fiz. É um jogador de muitas virtudes. Eu creio que os dois se parecem nessa questão da ousadia para a saída, o Fuchs tem um pouco mais. No um contra um, creio que o Lucas é mais forte, mais viril”, disse Amadeu, comparando a forma de jogar de cada um dos jovens.

Outro atleta comandado por Amadeu nas seleções de base foi o recém apresentado Yuri Alberto, atacante de 19 anos, que chegou a colorado vindo do Santos. Os dois estiveram juntos na conquista do Sul-Americano sub-17, em 2017. “Para mim é um talento, um artilheiro nato. Eu creio que o Yuri Alberto é um jogador que pode se tornar top mundial muito em breve. O Inter pode vendê-lo por um grande valor”, salientou o técnico.

O novo reforço chega buscando uma vaga no ataque que possui Paolo Guerrero como referência. Para Amadeu, Yuri chega já sabendo como trabalhar ao lado do peruano: “Eu já fiz essa função com ele, jogando com dois avantes. Ele tem mobilidade. Pode ser uma possibilidade, de repente até durante os jogos.”

* Por supervisão de: Marjana Vargas

Voltar Todas de Entrevistas Especiais

Compartilhe esta notícia:

Aos 70 anos, morre jornalista esportivo Edegar Schmidt
Grêmio viaja para Fortaleza para enfrentar o Ceará; alguns titulares podem ser poupados
Deixe seu comentário