Eliminado pelo Olimpia, Inter chega à sexta despedida da Libertadores dentro do Beira-Rio

Foto: Ricardo Duarte / S.C. Internacional

Apór perder por 5×4 nos pênaltis para o Olimpia e ser eliminado da Copa Libertadores da América dentro de casa, o Inter carrega a sexta eliminação pela competição continental em Porto Alegre. Nas outras cinco ocasiões, o colorado também não conseguiu prosseguir na copa, seja em mata-mata ou em fase de grupos.

Na segunda participação colorada na Libertadores, em 1977, o Inter se despediu da competição dentro do Beira-Rio, em uma espécie de semifinal. Na oportunidade, havia dois grupos com três participantes cada e apenas o líder da chave passaria à final, que seria vencida pelo Cruzeiro. Na última rodada dessa fase de grupos, o time do técnico Sérgio Moacir jogou contra a Portuguesa, da Venezuela, e até venceu pelo placar de 2×1, mas não o suficiente para ultrapassar o clube mineiro.

Em 1989, contra o mesmo Olimpia de 2021, o Inter sofreu uma das derrotas mais sofridas da história do Beira-Rio. Na semifinal da Copa Libertadores da América, o colorado bateu o clube alvi-negro por 1×0 no Paraguai, mas, em Porto Alegre, foi derrotado por 3×2 e, nas penalidades, acabou sendo eliminado. À época, o colorado era comandado pelo técnico Abel Braga e tinha o jovem uruguaio Diego Aguirre no elenco de jogadores.

18 anos depois da última eliminação em casa pela Copa Libertadores da América e um ano após ser campeão do continente, em 2007 o Inter acabou sendo desclassificado ainda na fase de grupos. Contra o Nacional, no Beira-Rio, o time de Abel Braga até venceu, mas não superou o saldo de gols do clube uruguaio no grupo 4 e ficou em terceiro na chave, sem prosseguir na competição.

Em 2011, também um ano após conquistar a América, o Inter se despediu da Libertadores dentro do Beira-Rio. Nas oitavas de final, após ser derrotado por 2×1 para o Peñarol do técnico Diego Aguirre, o colorado não conseguiu prosseguir na competição e, mais uma vez, deu o adeus em Porto Alegre.

Mais recentemente, em 2019, depois de perder por 2×0 para o Flamengo de Jorge Jesus no Maracanã, o Inter de Odair Hellmann empatou no Beira-Rio pelo placar de 1×1 e deu adeus novamente à Copa Libertadores da América dentro do Gigante. À ocasião, a eliminação ocorreu nas quartas de final, uma fase depois da eliminação de 2021, para o Olimpia.

* Por supervisão de: Marjana Vargas

Voltar Todas de Inter

Compartilhe esta notícia:

Após empate no tempo regulamentar, Inter perde para o Olimpia nos pênaltis e dá adeus à Libertadores
Após outra eliminação, Herrmann projeta restante da temporada colorada: “Temos aspirações de disputar lá em cima”
Deixe seu comentário