Destaque no jogo aéreo e finalizador: as características do novo reforço do Inter, Gustagol

Ex-técnico e comentarista opinam sobre o estilo de jogo do novo reforço do Inter

Foto: (Rodrigo Gazzanel/Ag. Corinthians)
TREINO - CT JOAQUIM GRAVA - 28.10.2019 FOTO: RODRIGO GAZZANEL / AGENCIA CORINTHIANS

Gustavo, o Gustagol, é o mais novo reforço do Inter para a temporada. O atacante, que estava no Corinthians, chega para suprir uma necessidade do técnico Eduardo Coudet, sendo buscado para substituir eventuais ausências de Paolo Guerrero e até mesmo ser companheiro de ataque do peruano.

Jogador com destaque em números de gol, sendo o artilheiro do futebol brasileiro em 2018, quando passou pelo Fortaleza, Gustagol tem como um dos atributos principais, o jogo aéreo. Tal característica é destacada pelo técnico e  ex-jogador campeão brasileiro com o Inter, André Luis, que trabalhou com o jogador em 2017 no Bahia, quando foi auxiliar técnico de Guto Ferreira.

“Um jogador de área, que tem velocidade, tem uma altura boa. Vai muito bem na bola aérea. Precisa ser abastecido com bolas altas. Ele acha os espaços e tem uma boa finalização. Sabe fazer uma boa pressão de saída de bola. Se enquadra muito nas características que o Rio Grande do Sul gosta”, destacou André Luis, em entrevista à Rádio Grenal.

O poder de impulsão e vantagem na disputa em jogadas áreas é uma das qualidades apontadas pelo comentarista dos canais ESPN e analista de desempenho, Renato Rodrigues: “A grande característica do Gustavo é o jogo aéreo. É um cara que tem estatura e boa impulsão. Raramente perde disputa por cima. Diria que tem poucos jogadores no Brasil que ganham dele no alto.”

Apesar de chegar como uma possibilidade de atuar ao lado de Guerrero, o técnico André Luis avalia que possa haver dificuldades em os dois atletas atuarem juntos por conta de suas características: “Ele e Guerrero juntos, não tem como. Nenhum dos dois tem características de buscar o jogo. Pra ter eles, você precisa de atletas de lado de campo lançando bola na área.”

O comentarista Renato Rodrigues, em entrevista à Rádio Grenal, também aponta algumas deficiências quanto à forma técnica de Gustagol: “Tecnicamente ele é mais limitado. Tem certa dificuldade para controlar a bola, dominar, fazer uma jogada mais trabalhada. É um cara bem terminal mesmo.”

O novo jogador do elenco colorado chega por empréstimo até o final desta temporada.

 

* Por supervisão de: Marjana Vargas

Voltar Todas de Inter

Compartilhe esta notícia:

“Nós temos que buscar um gol”, destaca vice-presidente do Inter sobre o enfrentamento contra o Tolima
Maicon avalia novo posicionamento para Jean Pyerre
Deixe seu comentário