Defesa do Inter pode ficar seis jogos sem ser vazada e atingir marca de 2009


Por: Gabriel Corrêa,

Caso a defesa do Inter não seja vazada no jogo que vale o título do Campeonato Gaúcho de 2016, neste domingo (08), às 16h, no Beira-Rio, a equipe chegará a seis jogos sem sofrer gols e vai igualar o técnico Tite, em 2009.

Disputando Copa do Brasil e Brasileirão, a equipe de Tite ficou mais de 540 minutos sem sofrer nenhum gol. A defesa base do Inter naquela temporada tinha: Lauro; Bolívar, Índio, Álvaro e Kléber.

Comandada por Argel, a defesa do Inter, não é vazada há cinco partidas: Glória, São Paulo/RS, São José (2x) e Juventude. A base defensiva de Argel nestes jogos teve: Alisson; PC Magalhães (Fabinho), Paulão, Ernando e Artur.

No ano passado, Diego Aguirre atingiu esta marca, também, ao não ser vazado contra Veranópolis, Avenida, União Frederiquense, Ypiranga e Passo Fundo. A marca de seis partidas sem ser vazado. A defesa tinha: Alisson (Muriel e Dida); William, Ernando (Réver e Juan), Paulão (Alan Costa) e Fabrício. Nas partidas, Aguirre fez rodízio com o grupo.

Os 6 jogos do Inter de Tite sem ser vazado:

  • Inter 5 x 0 Guarani – Beira-Rio – Copa do Brasil
  • Náutico 0 x 3 Inter – Aflitos – Copa do Brasil
  • Inter 2 x 0 Náutico – Beira-Rio – Copa do Brasil
  • Corinthians 0 x 1 Inter – Pacaembu – Brasileirão
  • Flamengo 0 x 0 Inter – Maracanã – Copa do Brasil
  • Inter 2 x 0 Palmeiras – Beira-Rio – Brasileirão

Comentários