De pênalti, Inter e Esportivo empatam em Bento Gonçalves

Foto: Ricardo Duarte/Internacional

Em uma noite fria na serra Gaúcha o Inter e Esportivo empataram em 1×1, pela 5ª rodada do segunto turno do Campeonato Gaúcho.  Eduardo Coudet optou por um time praticamente reserva para enfrentar o time de Bento Gonçalves. O técnico relacionou apenas três jogadores titulares para a partida. O único que iniciou em campo foi Marcos Guilherme. Boschilia e Galhardo ficam no banco de reservas.

A partida começou de forma lenta. Com dificuldades para criar jogadas ofensivas, o Inter tentava chegar na área do Esportivo e furar os bloqueios do adversário, mas sem sucesso.

Aos 35 minutos, Rodrigo Lindoso derrubou João Pedro dentro da área e o árbitro marcou pênalti para o Esportivo. O próprio João Pedro cobrou, bateu firme no canto direito de Danilo Fernandes, e abriu o placar no Montanha dos Vinhedos. Apenas quatro minutos depois, aos 39, Sarrafiore foi derrubado por Robert dentro da área do goleiro Renan e Anderson Daronco marcou pênalti para o Inter. William Pottker também optou pelo canto direito, deslocando Renan e empatando a partida. O último gol de Willian Pottker com a camisa colorada havia sido no dia 10 de novembro de 2019, contra o Fluminense, pelo Campeonato Brasileiro.

No final do primeiro tempo, aos 47 minutos, o Inter teve mais uma chance de marcar. Após cobrança de falta Sarrafiore, a bola sobrou na área para Pottker, que fuzilou e acertou o travessão de Renan.

Aos 11 minutos do segundo tempo, Coudet tirou o zagueiro Roberto para a entrada do volante Musto. Ao mesmo tempo, Thiago Galhardo entrou no lugar de Sarrafiore, em uma tentativa do técnico de ganhar mais o campo ofensivo. Aos 13, o Esportivo quase marcou o segundo. Em um erro de Musto, o centroavante alviazul Marcão tocou para Caprini, que bateu para fora. A bola passou rente à trave direita de Danilo Fernandes e foi para a linha de fundo.

Já passando da metade do segundo tempo, Pottker cruzou na cabeça de Lindoso, que mandou para fora do gol de Renan. Aos 29 minutos, o atacante João Peglow, novidade no banco de reservas colorado, entrou no lugar Marcos Guilherme, e fez sua estreia no profissional.

O Inter teve mais uma oportunidade em uma falta, após Pottker ser derrubado na entrada da grande área. Thiago Galhardo cobrou e a bola bateu em Peglow, que estava na barreira. A partir dos miutos finais o colorado até tentou aumentar a presão para cima do Esportivo, mas sem sucesso. Aos 49 minutos, Anderson Daronco apitou o final da partida e decretou o empate em Bento Gonçalves.

Escalações:

Inter: Danilo Fernandes; Rodinei, Roberto, Zé Gabriel, Jussa; Lindoso, Nonato, Marcos Guilherme, Patrick; Sarrafiore e Pottker.

Banco: Daniel, Musto, Praxedes, Boschilia, Peglow e Galhardo.

Esportivo: Renan; Bovi, Cleiton, Luís Eduardo e Xaro; Gullithi, Igor Bosel, Robert, João Pedro e Caprini; Marcão.

Banco: Jonatas, Romulo, Diogo, Gustavo Sapeka, Emerson e Flávio Torres.

* Por supervisão de: Marjana Vargas

Voltar Todas de Inter

Compartilhe esta notícia:

Com time misto, Inter sobe a serra para enfrentar o Esportivo neste sábado
Após empate com Esportivo, Coudet critica situação de gramado e ironiza: “Tem que buscar outro treinador”
Deixe seu comentário