D’Alessandro se emociona ao falar de aposentadoria e deixa futuro em aberto no futebol: “Não sei o que vai acontecer”

Foto: (Ricardo Duarte/S.C.Internacional)

Em uma entrevista coletiva com duração de 50 minutos com os jornalistas, D’Alessandro deixou em aberto a sua situação quanto à renovação com o Inter, mas, especialmente, sobre seu futuro no futebol. Aos 39 anos, o momento de pandemia e da paralisação das competições provocou reflexões do meia, que aguarda a retomada do esporte para definir seus próximos passos.

Com contrato com o time colorado vencendo ao final do ano, o camisa 10 se emocionou ao ser questionado sobre sua permanência: “Não que eu cheguei a pensar, mas nos dois primeiros meses que a gente ficou em casa, muitas vezes à noite aparece aquela coisa de quando vamos voltar a treinar normal, quando vamos voltar a jogar. Aquele pensamento de quando vou parar, se vai ser no final do ano, se vai ser do jeito que eu quero, do jeito que imagino. Se vai ser o vírus que vai diminuir esse tempo. Às vezes a gente fica abatido, e eu fiquei, em casa. Muitas vezes apareceu de repente uma lágrima, porque a gente não sabe o que vai acontecer. É meu último ano. Sinceramente, não sei o que vai acontecer.”

No pronunciamento, D’Ale revelou que já teve conversas com os dirigentes e sabe a posição do clube quanto à sua situação. Mas manteve cautela ao revelar sua posição e disse que irá avaliar o cenário com calma, “sem apressar o tempo”.

“Já tivemos conversas e ficou muito clara a ideia da diretoria. Mas, como no ano passado, não vou falar em apressar, não tem a ver com vontade, sentimento, querer ficar ou não. Tem a ver com o tempo, com a minha cabeça, o meu respeito perante o clube. Podemos ter novidades no curto prazo, mas não vou apressar nada”, afirmou o meia.

* Por supervisão de: Marjana Vargas

Voltar Todas de Inter

Compartilhe esta notícia:

Em vídeo, Víctor Cuesta revela rotina de casa até os treinos durante a pandemia
Presidente Luciano Hocsman descarta utilização de CTs da dupla para sequência do Gauchão e irá apresentar novas alternativas ao Governo do RS
Deixe seu comentário