Coudet comemora conquista dos três pontos e avalia Athlético-PR: “Um rival muito duro”

Foto: Ricardo Duarte / S.C. Internacional

O Inter reencontrou a segunda vitória seguida depois de 40 dias sem vencer em sequência no Brasileiro, e superou um fantasma de 2019. Com gols de Thiago Galhardo e Abel Hernández, venceu o Athlético-PR por 2 a 1, em casa, neste domingo (11). Renato Kayser descontou para o furacão, mas não foi suficiente para evitar a derrota.

Após a partida, Eduardo Coudet falou sobre o desempenho do grupo e sobre o adversário, comemorando os três pontos já que classificou o adversário como muito competitivo. O técnico ainda elogiou a defesa de Marcelo Lomba, que operou um milagre, já nos acréscimos, evitando o gol nas finalizações de Renato Kayzer e Fabinho. “Bonita para ele, que defendeu. Para mim, todas as defesas do Lomba eu não gosto, porque chutam ao gol. Mas foi uma defesa impressionante. Sofremos até o final com o Athletico, mas também tivemos chances. O goleiro deles fez boas defesas, como a de Abel (Hernández). Tivemos muitas chances. Um rival muito duro, que sempre tenta jogar. Foi uma partida importante, com três pontos muito importantes”, destacou Coudet.

O técnico também falou, mais uma vez, sobre a dificuldade de montar um time com desfalques. Para a partida deste domingo, Edenilson cumpria suspensão e Boschilia teve constatada uma lesão muscular na coxa direita, diminuindo as opções para o meio-campo colorado. “Quando estamos completos, jogamos de uma maneira. Quando falta alguém, pergunto… Quem é o substituto natural de Edenilson? Quem é o de Boschilia? São características distintas. Tivemos que colocar atacantes no fim porque não tínhamos meio-campistas. Precisamos nos adaptar. Hoje tínhamos jogadores de característica mais direta, como Marcos (Guilherme), Praxedes e até Patrick”, disse Chacho, que escalou Bruno Praxedes e Marcos Guilherme no lugar dos dois fora.

Coudet ainda falou sobre o jovem Heitor, que vem ganhando espaço na lateral direita, fazendo boas atuações. Contra o Athlético-PR, Heitor deu as duas assistências que resultaram nos gols de Thiago Galhardo e Abel Hernández: “É um jogador com certeza terá um grande futuro. Minha ideia não é fazer ele aprender para jogar na Europa, quero que ele jogue no Inter”.

Com a vitória, o colorado recuperou a vice-liderança e fica apenas dois pontos atrás do líder, o Atlético-MG. O próximo confronto é contra o Sport Recife, na quarta-feira (14), 21h30, na Ilha do Retiro.

* Por supervisão de: Marjana Vargas

Voltar Todas de Inter

Compartilhe esta notícia:

Inter vence Athletico-PR no Beira-Rio e se mantém como vice-líder do Brasileirão
Com dores na coxa, Heitor passa por exame e vira dúvida para partida contra o Sport
Deixe seu comentário