Consolidação na titularidade e primeiro gol no véu de noiva: a temporada de Praxedes

Jogador fez o gol que garantiu a vitória colorada sobre o Goiás.

Foto: Ricardo Duarte / S.C. Internacional

Desde a chegada de Abel Braga, a surpresa é a titularidade absoluta no comando de criação do Inter. Bruno Praxedes, de apenas 18 anos virou peça fundamental no esquema de Abel e assumiu o meio campo colorado. E foi quem carimbou as novas redes do Beira-Rio. O estilo ”véu de noiva” teve sua reestreia no estádio no último domingo (10), quando o Inter venceu o Goiás, gol de Praxedes.

O jogador assumiu a posição deixada por um dos maiores ídolos da torcida colorada, D’Alessandro, e a tarefa não foi fácil. Agora, com a ida do argentino para o Nacional, fica à comando da promessa da base. O jogador arrecém completerá 19 anos e foi campeão da Copa São Paulo de Futebol Júnior em 2020 e ainda com o ex-técnico Eduardo Coudet teve sua ascenção ao profissional.

O meia contava com admiração da comissão técnica muito antes da chegada de Abelão. Coudet o considerava o jogador mais promissor do Inter, com maior potencial. Mas as chances vieram em pílulas.

Na partida contra o Boca Juniors, por exemplo, foi considerando um dos melhores em campo, mesmo saindo da Bombonera sem a classificação para as quartas da Libertadores.

”Meu time hoje tem o Praxedes. Ele deu uma liga muito boa positivamente, não só defensiva, mas porque compõe muito bem. Ganhamos na saída, na dinâmica. É jogador de intensidade.”, relatou o atual técnico colorado, Abel Braga.

O meia tem contrato renovado com o Inter até abril de 2025 e é uma das grandes promessas do clube. Sua multa contratual saltou para 60 milhões de euros (R$ 373 milhões pela cotação atual). O Inter detém 50% dos direitos, enquanto o Fluminense, seu antigo clube, é o dono do restante.

* Por supervisão de: Marjana Vargas

Voltar Todas de Inter

Compartilhe esta notícia:

Galhardo deixa o campo com dores musculares e pode virar desfalque para o colorado
Chance de título colorado no Campeonato Brasileiro sobe para 19%, aponta matemático
Deixe seu comentário