Com grande atuação, Grêmio goleia e é vice-líder do Brasileirão


Por: Jonata, jornalista, radialista e repórter na @rdgrenal.

Atlético Mineiro e Grêmio se enfrentaram pela terceira rodada do Brasileirão num Estádio Independência quase lotado, brigando pelo 3 pontos. Como em 2015, o Grêmio mais uma vez fez uma grande apresentação, mostrando bom volume de jogo, marcação afinada e entrega dos seus jogadores. Com a vitória, o tricolor é vice-líder do Campeonato Brasileiro,chegando aos 7 pontos, mesmo número do Santa Cruz e do Inter.

Primeiro Tempo

Jogando em casa, o Galo partiu pra cima do visitante, adiantando sua marcação e fazendo a pressão inicial que já é de praxe nos jogos que acontecem no Horto. Bastante desfalcado, com a baixa de 11 jogadores e um técnico estreante, o Atlético mostrava desorganização dentro do campo, sem conseguir encaixar as jogadas.

O Grêmio logo recuperou o controle do jogo, com duas chances de gol aos 7 e 8 minutos, com Giuliano e Luan quase abrindo o placar para o tricolor no Independência.

Jogando no erro do adversário, o Grêmio conseguiu dominar o Galo que nas poucas chances que criou, não ofereceu perigo à meta de Marcelo Grohe. E aos 17 minutos, após uma boa troca de passes do tricolor, Marcelo Oliveira apareceu dentro da grande área e mandou na saída de Victor, no canto esquerdo, pra abrir o placar

O Grêmio seguiu dominando a partida. Aos 25′, Maicon, que vinha fazendo uma boa partida, desarmou Júnior Urso no meio campo e tocou para Luan, que saiu na cara do gol e tocou na saída do goleiro, pra fazer o segundo.

Bastante disputado, o jogo seguiu movimentado, com o Atlético buscando o seu gol mas sem levar muito perigo e o Grêmio saindo nos contra-ataques. Tanto que, nos acréscimos, Giuliano recuperou uma bola na intermediária e serviu Luan, que disparou, driblou o zagueiro e chutou cruzado de perna esquerda, para marcar o terceiro do tricolor na partida.

Com 3 jogadores substituídos por lesão, o Grêmio foi para o intervalo sem ter substituições disponíveis. Primeiro, o zagueiro Fred, aos 8 minutos. Logo em seguida, Henrique Almeida. E aos 36, Marcelo Oliveira também pediu para sair com suspeita de lesão muscular.

Segundo Tempo

Na segunda etapa, o Atlético tentou voltar para o jogo e o técnico Marcelo Oliveira mexeu no time tentando aumentar a posse de bola da equipe.

Mesmo assim, o time de Roger Machado continuava firme na marcação e não dava espaços para os mineiro criarem oportunidades de gol. O jogo seguia bom para o tricolor com boas chances de gol logo no início.

O Atlético não se encontrava em campo. Sem acertar o último passe, para a criação do gol, o time via o seu torcedor parar de apoiar e em alguns instante vaiar a equipe, que pouco produzia em meio a marcação forte do Grêmio.

Sem ter mais substituições disponíveis, o tricolor não pressionou tanto o Galo como no primeiro tempo, mas mesmo assim, seguia tendo as melhores oportunidades de gol da partida, com Maicon e Everton.

A partida se encaminhava para o término enquanto o Grêmio segurava o resultado, tocando bem a bola e fazendo uma grande partida, sem sofrer muitos riscos e sendo extremamente eficiente nas oportunidades criadas.

O Grêmio, com essa vitória fora de casa, fecha a rodada na segunda posição com 7 pontos. O próximo desafio é contra o Coritiba, na Arena, no domingo (29).

Dono da bola Coca-Cola: Luan, Grêmio

Ficha Técnica

Placar: Atlético 0 x 3 Grêmio | GolsMarcelo Oliveira (17′), Luan (25′,47′)

Local: Estádio Independência, em Belo Horizonte (MG).

Atlético-MG: Victor; Marcos Rocha, Edcarlos, Tiago e Carlos Cesar (Patric); Rafael Carioca, Leandro Donizete e Júnior Urso (Capixaba); Carlos, Clayton e Hyuri (Pablo). Técnico: Marcelo Oliveira.

Grêmio: Marcelo Grohe; Edílson, Pedro Geromel, Fred (Bressan) e Marcelo Oliveira (Marcelo Hermes); Walace, Maicon, Douglas, Giuliano e Luan; Henrique Almeida (Everton). Técnico: Roger Machado
Cartões amarelos: Marcelo Oliveira, Marcelo Hermes, Maicon, Douglas e Luan (G); Pablo (A).

 

Comentários

>