Com dois gols de Guerrero, Inter vence Aimoré e está na semifinal do Gauchão

Foto: Ricardo Duarte / S.C. Internacional

Eduardo Coudet encontrou um gramado em boas condições na Morada dos Quero-Queros. O técnico foi com a equipe principal enfrentar o Aimoré em busca da vaga para a semifinal do Campeonato Gaúcho, e conseguiu. A vitória por 2×0 veio de uma equipe com desempenho diferente daquelas vistas nos dois últimos jogos.

Desde o início da partida, o time de Eduardo Coudet se mostrou mais ofensivo, mais criativo e impedindo o adversário de criar e chegar na área. Logo no início da partida, em uma falta perto da grande área, Boschilia cobrou e a bola bateu na trave. Aos 16 minutos, após cobrança de escanteio, Bruno Fuchs  finalizou no segundo poste e o goleiro do Aimoré defendeu. O gol chegou pelos pés de Paolo Guerrero, em uma jogada pela esquerda, com passe de Thiago Galhardo, aos 16 minutos.

Aos 29, mais uma finalização de Thiago Galhardo. Em combinação com Marcos Guilherme, o meia chutou para o gol e o goleiro Luiz Felipe foi para o canto pegar. O primeiro tempo foi marcado pelas defesas do goleiro do Aimoré. Aos 36, após cobrança de escanteio de Edenílson, Victor Cuesta cabeceou fraco e Luiz Felipe salvou em cima da linha.  Já no final da partida, Guerrero dominou dentro da área após escanteio e chutou em direção ao gol, a bola subiu e parou no travessão.

Na segunda etapa, após Rodrigo Lindoso sentir, o técnico Eduarda Coudet fez sua primeira troca no jogo: Lindoso deu lugar a Musto. Aos 8 minutos, Boschilia aproveitou um rebote, após cobrança de escanteio, e mandou uma bomba para o gol de Luiz Felipe, que fez mais uma grande defesa. Marcos Guilherme saiu para a entrada de Willian Pottker, e Patrick substituiu Thiago Galhardo. Aos 15 minutos, mais uma vez apareceu Paolo Guerrero. Em um erro de saída de bola do time do Aimoré, a marcação alta do Inter e a recuperação de bola no campo de ataque deu resultado. A bola sobrou para o centroavante, que não perdoou e tocou por cima de Luiz Felipe. Podia ser três, mas o árbitro anulou um gol colorado.

Aos 22 minutos, após uma bela jogada de Boschilia, Patrick deixou de letra para Guerrero, que finalizou no alto para marcar seu terceiro gol. Mas a arbitragem marcou impedimento do peruano. Em mais duas trocas, Edenílson e Boschilia saíram para a entrada de Nonato e D’Alessandro. Aos 39, Patrick foi puxado dentro da área, e o árbitro Érico Andrade marcou pênalti para o colorado. D’Alessandro foi pra cobrança e tirou tinta do poste.

O Inter avança à semifinal do segundo turno do Gauchão como líder do Grupo A, com nove pontos. A equipe terá pela frente o Esportivo, vice-líder do Grupo B, no duelo em jogo único, no próximo fim de semana. O Aimoré entrou em campo já eliminado.

Escalações:

Inter: Marcelo Lomba; Saravia, Cuesta, Bruno Fuchs ou Rodrigo Moledo, Moisés; Rodrigo Lindoso, Edenílson, Marcos Guilherme, Boschilia; Thiago Galhardo e Guerrero. Técnico: Eduardo Coudet

Banco: Danilo Fernandes. Musto, Nonato, Patrick, D’Alessandro e Willian Pottker

Aimoré: Luiz Felipe, Bruno Ferreira, Pablo, Renato, Germano, Diego Gomes, Felipe Guedes, Mardley, Wagner, Biro Paraíba, Matheus Rodrigues. Técnico: Hélio Vieira

Banco: Pablo, Wagner Freitas, Jorge Pedra, Leandro Canhoto, Wesley e Isaías

Arbitragem:

Árbitro: Érico Andrade
Árbitro Assistente 1: Tiago Augusto Kappes Diel
Árbitro Assistente 2: Henrique Coromberk
4º Árbitro: Marcus Vinícius Gonçalves dos Santos

* Por supervisão de: Marjana Vargas

Voltar Todas de Inter

Compartilhe esta notícia:

Renato Portaluppi adianta time que enfrentará Novo Hamburgo nesta quarta
Após a classificação colorada, Coudet elogia gramado e desempenho da equipe
Deixe seu comentário