Barcellos abre o jogo sobre possível renovação de Guerrero: “Estamos conversando com o staff”

O presidente colorado conversou com exclusividade na Rádio Grenal e elucidou pontos importantes sobre o Inter

Foto: (Ricardo Duarte/S.C.Internacional)

Na manhã dessa sexta-feira (03), o presidente do Inter, Alessandro Barcellos, conversou com exclusividade na Rádio Grenal. Durante o papo, foram colocados em pauta uma avaliação da gestão colorada neste primeiro ano, além do atual momento do clube gaúcho. O mandatário também informou sobre uma possível renovação envolvendo Paolo Guerrero e a chegada de um profissional para o cargo de coordenador técnico.

Em uma semana que anunciou dois novos reforços, Barcellos definou que o Inter é um clube que vai ao mercado mas que também demandado constantemente. Na segunda-feira, colorado confirmou as contratações de Kaique Rocha e Gustavo Maia. Sobre o atacante, o presidente respondeu: “Joga mais pelo lado esquerdo, jogador que tem o drible para dentro. Mas não é um jogador pronto também, vai precisar de lapidação”.

Edenilson, que está a serviços da Seleção Brasileira pela primera vez, foi muito elogiado pelo mandatário do clube gaúcho. “Edenilson é um jogador muito importante do grupo. Ouso dizer que, na posição dele, é um dos três melhores do Brasil”. E completou opinando que achou justa sua convocação para defender a camisa amarela. Outro atleta convocado, foi Carlos Palacios, na Seleção Chilena. O atleta também foi assunto posto em pauta: “A gente analisou muito esse jogador e entendemos que ele tem um potencial para render muito mais do que vem rendendo”.

Assunto prometido em campanha, Barcellos trabalhou em sua eleição informando que implantaria o cargo de coordenador técnico do Inter, obtendo a um profissional a capacidade de interligar comissão técnica e jogadores. Porém, na prática, até aqui, o novidade não ocorreu. O presidente comentou explicou o motivo: “O Internacional, no início do ano, trabalhou com essa busca, as pessoas que encontramos não estavam disponiveis ou não tinham condição naquele momento”. Além disso, Alessandro Barcellos completou comentando que este assunto não é pauta no dia-dia do clube, mas que deve ocorrer na temporada de 2022.

D’Alessandro, ídolo colorado e atualmente jogador do Nacional (URU) foi um dos nomes especulados para o cargo. Alessandro Barcellos frisou acerca da relação do atleta com a direção colorada: “É um atleta que fez história no Internacional, tem um relacionamento muito forte com o departamento de futebol do clube, com a presidência”.

Alessandro também foi questionado sobre novas opções para o ataque, tendo em vista que após a saída de Thiago Galhardo ao Celta de Vigo, o atual plantel colorado conta com Yuri Alberto e Paolo Guerrero para a posição de camisa 9, além do jovem Vinicius Mello. Sobre a renovação contratual com o peruano, Barcellos informou: “Estamos conversando, tanto com o jogador quanto com o staff. Tem muito a entregar, tem presença de grupo, tem presença dentro de campo. É uma posição difícil de se encontrar dentro do mercado brasileiro”.

Sobre o trabalho de sua gestão no primeiro ano após ser eleita, Barcellos avaliou: “São nove meses de muito trabalho e, sem dúvida nenhuma, agregando”.

* Por supervisão de: Marjana Vargas

Voltar Todas de Inter

Compartilhe esta notícia:

Por conta dos protestos, Grêmio suspende quatro torcidas organizadas do clube
Governo publica decreto e próximos jogos de Grêmio e Inter poderão contar com a presença de público
Deixe seu comentário