Aprendiz e experiente: Yuri Alberto e Guerrero podem formar dupla de ataque contra o Caxias

Uma mescla entre o experiente centroavante peruano e jovem atacante podem ser um teste de Ramirez contra o Caxias

Foto: Ricardo Duarte / S. C. Internacional

O Inter venceu ontem (21) o Novo Hamburgo, fora de casa, pelo placar de 1 x 0, na estreia oficial de Miguel Ángel Ramirez. Com alguns testes sendo feito, como a rodagem de goleiros no time titular, aparição de Marcos Guilherme e Thiago Galhardo, o treinador espanhol vai aos poucos experimentando algumas diferentes formatações no Campeonato Gaúcho 2021.

Outro teste que pode ser feito por Ramirez, são os centrovantes Yuri Alberto e Paolo Guerrero jogarem juntos em campo, na próxima partida diante do Caxias, na quarta-feira (24). O centrovante peruano vem retomando seu ritmo aos poucos após ficar sete meses fora se recuperando de uma séria lesão. Em contrapartida, o jovem atacante Yuri, de recém 20 anos completados, já recebeu algumas oportunidades neste início de temporada e balançou as redes duas vezes.

Miguel Ángel Ramirez tem como formatação incial em seu plano jogar em uma espécie de 4-3-3. Os pontas extremos jogam um pouco mais para dentro no seu modelo posicional e dão espaço para que os laterais abram amplitude no campo ofensivo encaxotando o adversário atrás da linha do meio campo. Levando em consideração este pensamento, o técnico espanhol chegou a testar Yuri Alberto na extrema direita ontem diante do Novo Hamburgo. Entretanto, o gramado irregular fez com que o comandante fosse mais comedido de colocar Guerrero na partida, tendo em vista que poderia ser arriscado estando o jogador se recuperando de uma grave lesão no joelho direito.

Com isso, Thiago Galhardo saiu como titular e Abel Hernández entrou no decorrer do jogo. Conforme dito por Ramirez, na coletiva pós-jogo, enxerga Yuri Alberto como jogador de área, entretanto, não descarta a utilização do jovem em outras partes do campo, “Yuri pode jogar perfeitamente por dentro e por fora. É mais um centroavante, mas coloquei o Yuri hoje sem buscar um extremo, e sim, buscando povoar mais a área”. Contudo, a falta de um jogador mais versátil de velocidade e com capacidade pessoal para destruir linhas adversárias, torna Yuri Alberto uma boa opção para a posição, deixando assim a função de cabeça de área ao experiente atacante peruano, Paolo Guerrero.

* Por supervisão de: Marjana Vargas

Voltar Todas de Inter

Compartilhe esta notícia:

São José x Grêmio: escalações, arbitragem, momentos e transmissão
Inter anuncia de forma oficial a contratação de Carlos Palácios
Deixe seu comentário