Após vitória contra o Bahia, permanência de Abel Braga no comando colorado segue indefinida

Treinador chegou ao clube em novembro, após a saída de Eduardo Coudet

Foto: Ricardo Duarte / S.C. Internacional

O Inter encerrou o ano com uma vitória em cima do Bahia por 2 a 1, neste domingo (27), na Arena Fonte Nova. O resultado trouxe um alívio para o colorado, que emendou quatro vitórias consecutivas e validou o trabalho do técnico Abel Braga. Até então, informações traziam que Abel não ficaria no Inter até o final do seu contrato, em fevereiro de 2021, e este seria seu último jogo comandando a equipe colorada. Isso porque o novo presidente eleito, Alessandro Barcellos, está apalavrado com o técnico espanhol Míguel Ángel Ramirez.

O novo mandatário viajou com a delegação até a Bahia para conversar com Abel Braga e convencê-lo a ficar até o fim da temporada e do seu contrato, mesmo em caso de acerto confirmado com o técnico estrangeiro. Em entrevista coletiva após a partida, o atual técnico colorado não deu muitas pistas da decisão tomada entre os dois: “Conversei com o presidente ontem (sábado). O papo foi legal. Vamos ver amanhã, depois de amanhã ou daqui a pouco. Agora é pensar na dedicação do grupo, que foi muito importante […]  Se continuar, eu vou ficar muito feliz, porém se eu sair vou continuar torcendo e com carinho pelo Internacional. Vocês sabem que sou vermelho desde 1988″, afirmou.

Abel deve definir seu futuro ao longo desta semana, mas ao responder mais uma pergunta em relação à conversa com Alessandro Barcellos e a um possível trabalho de transição com Míguel Ángel Ramirez, o ídolo colorado foi claro: “Expus meu ponto de vista, e ele (presidente) expôs o dele. Eu sei que ele pensa, eu expus meu ponto de vista. Faltamos definir. Eu pedi que tivesse ser definido essa semana. Depois do jogo. […] Ele (Míguel Ángel Ramirez) não é auxiliar técnico, nem eu. Ele trabalha de um lado, e eu de outro. Não é uma hipótese. Não está definido se eu saio ou se eu continuo. A decisão vai ser resolvida em comum acordo, como sempre foi. O presidente é soberano e o que ficar resolvido, tanto pelo meu lado quanto pelo dele, vai ser pensando no melhor para o Inter“, afirmou Abel.

Coma  vitória, o Inter garantiu a 4ª colocação na tabela com 47 pontos e passa a virada de ano tranquila, antes de começar a se preparar para o confronto contra o Ceará, no dia 7 de janeiro.

* Por supervisão de: Marjana Vargas

Voltar Todas de Inter

Compartilhe esta notícia:

Fora de casa, Inter vence o Bahia por 2 a 1 pelo Brasileirão
Após 2 anos, Dourado volta a marcar e chega a 10 gols com a camisa colorada
Deixe seu comentário