Após empate no tempo regulamentar, Inter perde para o Olimpia nos pênaltis e dá adeus à Libertadores

Foto: Ricardo Duarte / S.C. Internacional

O Inter está eliminado da Libertadores da América. A equipe comandada por Diego Aguirre enfrentou, na noite desta quinta-feira (22), o Olimpia no jogo de volta das oitavas de final da competição. Assim como no primeiro confronto, os dois times não saíram do zero. Desta forma, a classificação às quartas foi decidida nos pênaltis. Galhardo errou a última cobrança colorada e o time paraguaio acabou conquistando a vaga.

Dentro dos 90 minutos regulamentares, os gaúchos demonstraram superioridade ofensiva. Ao todo, foram 19 finalizações para os donos da casa, que tiveram, inclusive, uma penalidade a seu favor. O chute de Edenílson, no entanto, parou nas mãos do goleiro Aguilar.

Pela frente, o Inter tem agora apenas o Campeonato Brasileiro para se preocupar. Atualmente, ocupa a 13ª colocação com 14 pontos somados. O próximo desafio será a partir das 18h15 deste domingo (25), contra o Athletico-PR, fora de casa.

Jogo

Precisando de uma vitória simples e jogando em casa, o Inter foi para cima do Olimpia desde o minuto inicial. A primeira do jogo veio com Yuri Alberto, aos seis minutos, que parou no goleiro Aguilar.

Mais tarde foi a vez de Taison, que primeiro desperdiçou grande chance na grande área, e mais tarde carimbou a trave em chute de fora.

Aos 26 da primeira etapa, Taison finalmente conseguiu balançar a rede — porém o árbitro uruguaio assinalou impedimento no lance e anulou o tento da equipe brasileira.

Thiago Galhardo também teve a oportunidade de abrir o placar, mas em duas chances acabou errando o alvo. Colecionando gols perdidos, o Inter foi para o vestiário com o placar zerado.

O roteiro continuo o mesmo na segunda etapa. Controle e volume de jogo nos pés do Internacional, mas pecando nas finalizações.

A melhor oportunidade da equipe brasileira veio aos 20 minutos. Taison pegou rebote e sentiu o toque na grande área — pênalti assinalado e Edenílson parou no goleiro Aguilar.

O ritmo do Inter caiu a partir de então e, ainda buscando o gol da classificação, não conseguiu assustar tanto a equipe paraguaia. Dessa forma, o empate sem gols permaneceu até o apito final e a decisão foi para os pênaltis.

Na bola parada, melhor para os paraguaios. Depois de quatro cobranças com sucesso de cada lado, coube a Thiago Galhardo a quinta cobrança colorada — o brasileiro isolou e Derlis González deu a classificação para o Olimpia.

Ficha técnica

— Internacional: Daniel, Heitor (Boschilia), Bruno Méndez, Víctor Cuesta, Moisés, Rodrigo Dourado, Edenilson, Patrick (Maurício), Taison (Vinícius Mello), Thiago Galhardo e Yuri Alberto (Palacios). Técnico: Diego Aguirre.

— Olimpia: Aguilar, Salazar, Salcedo, Alcaraz (Cáceres), Torres, Ojeda, Ortiz, Orzusa (Walter González), Derlis González, Pitta e Recalde (Alejandro Silva). Técnico: Sergio Órteman.

— Arbitragem: Christian Ferreyra (URU), auxiliado por Pablo Llarena (URU) e Alberto Ponte (URU). VAR (árbitro de vídeo): Julio Bascuñan (Chile).

* Por supervisão de: Marjana Vargas

Voltar Todas de Inter

Compartilhe esta notícia:

Grêmio trabalha em negociações de jogadores para reduzir plantel
Eliminado pelo Olimpia, Inter chega à sexta despedida da Libertadores dentro do Beira-Rio
Deixe seu comentário