Aguirre reitera vitória importante no Beira-Rio: “Somos um time grande”

Diego Aguirre venceu sua segunda partida no comando do Inter desde o seu retorno

Foto: Ricardo Duarte / S.C. Internacional

Enfim o Inter voltou a vencer no Beira-Rio. A vitória por 1 a 0 diante do Juventude quebrou uma sequência negativa de oito jogos sem conquistar três pontos no estádio Beira-Rio. Este foi o segundo êxito em oito partidas desde o retorno de Diego Aguirre ao colorado. Após o jogo, o treinador uruguaio conversou em entrevista coletiva.

O uruguaio exaltou a vitória e comentou ter sido fundamental. Em sua percepção, o grupo entregou tudo que tinha, lutaram muito, e ficou feliz com o resultado. Atualmente na 13ª colocação do Campeonato Brasileiro, o treinador reiterou a busca por melhores resultados: “Nos somos um time grande, temos que pensar em coisas importantes. Sempre tentar a vitória e ficar nos primeiros lugares”.

Em relação a peças no seu elenco, Aguirre respondeu considerar bom seu grupo de jogadores. “Confio que teremos coisas boas daqui pra frente”, completou. Porém, o treinador frisou ser importante ter opções para mudar durante o jogo. Sua expectativa era fazer um bom jogo e na sua visão, o Inter teve êxito no objetivo. Ainda, o técnico comentou ter que continuar fazendo ajustes necessários: “Me lembro que 15 dias atrás, falavam sobre a defesa, que estava muito mal. Agora é trabalhar para corrigir as outras coisas”.

Aguire exaltou bastante o retorno de Taison, que extava recuperando-se de lesão: “Ter ele hoje foi fundamental, é um jogador espetacular”. Completou rasgando elogios: “Quando Taison joga, ele faz todo o time jogar. O posicionamento pode ser como hoje mais para a frente, mas também pode ser com ele mais para trás, criando o jogo. Com Taison, tudo fica mais fácil”. O uruguaio comentou que se pudesse ter de melhorar algo logo, seria as finalizações para assim conseguir matar logo as partidas.

Com oito partidas sem vencer no Beira-Rio, Aguirre conseguiu fazer o colorado retornar aos resultados positivos em casa. Acerca da quebra do tabu, o treinador respondeu: “Era um peso que tínhamos, uma pressão. Temos que voltar a ser fortes em casa. Eu gostaria de ver o Beira-Rio lotado, com a força da torcida. Tenho saudade disso, ajuda muito”. E analisou a partida: “Começamos muito bem o jogo de hoje, criando chances, perdemos gols. Mas no fim do primeiro tempo, não gostei do que vi”.

Outro jogador que recebeu elogios, foi o zagueiro Bruno Méndez, que desde sua estreia contribuiu para que o Inter não levasse gols nos últimos três jogos: “Ele está jogando muito. É um menino trabalhador, que está em um bom nível. Estou feliz por ele. Daqui a pouco teremos Mercado. É sempre bom ter mais de uma opção”. E respondeu sobre as opções entre Yuri Alberto e Thiago Galhardo para a posição de centroavante colorado: “Ainda não temos nada decidido. Sempre espero o dia seguinte do jogo, para ver o estado dos jogadores”.

 

* Por supervisão de: Marjana Vargas

Voltar Todas de Inter

Compartilhe esta notícia:

Com gol de Thiago Galhardo, Inter vence o Juventude por 1 a 0 no Brasileirão
Grêmio e Inter não venciam juntos na mesma rodada do Brasileirão há mais de seis meses
Deixe seu comentário