Abel Braga e os problemas para definir a dupla de zagueiros para encarar o Flamengo

Caso vença o Flamengo no próximo domingo (21), o colorado se consagrará Campeão Brasileiro

Foto: Ricardo Duarte / S. C. Internacional

Após retomar o caminho das vitórias, o líder do Campeonato Brasileiro, Inter, se prepara para talvez o jogo mais importante da competição até aqui. Se trata da decisão contra o Flamengo, vice-líder do Brasileirão, no próximo domingo (21), às 16h, no estádio Maracanã. Um ponto é o que separa as duas equipes.

Em lance muito discutido durante a partida, Victor Cuesta está fora da partida no Rio de Janeiro após levar o terceiro cartão amarelo em pênalti assinalado pelo árbitro Flávio Rodrigues de Souza depois de conferir no VAR. A marcação da penalidade houve muitas manifestações contrárias, tanto durante a partida, quanto nos bastidores. O presidente do Inter, Alessandro Barcellos, contestou em coletiva “Nós estamos registrando, publicamente, a inconformidade com isso (marcação do pênalti pro Vasco) e isso vai chegar a todas as pessoas que fazem futebol”.

Ainda, estão pendurados para a próxima partida, Abel Hernández, Marcos Guilherme, Matheus Jussa e Boschilia (machucado). Em contrapartida, o técnico Abel Braga recebe a volta de Uendel, Zé Gabriel, Patrick e Leandro Fernández, todos suspensos contra o Vasco.

O treinador colorado terá que decidir quem assumirá a vaga de Cuesta, os garotos Zé Gabriel e Pedro Henrique são os principais pretendentes para substituir o argentino. Inclusive, surgem como possibilidades para a ausência do zagueiro, Matheus Jussa e a improvisação de Rodrigo Dourado para fazer dupla com Lucas Ribeiro.

Além disso, o técnico Abel Braga completou ontem (14), 338 jogos a frente do comando do Inter, um recorde na história do clube. O colorado está em primeiro colocado no Campeonato Brasileiro, com 69 pontos, e caso vença o Flamengo no Maracanã, garantirá o título nacional que o clube não conquista desde 1979.

 

* Por supervisão de: Marjana Vargas

Voltar Todas de Inter

Compartilhe esta notícia:

Após derrota para o São Paulo, Renato lamenta virada: “É treinar mais”
Sem Maicon, Renato vê Grêmio apagado e com necessidade rápida de reposição
Deixe seu comentário