“Vocês podem ter certeza que o próximo jogo vai ser uma decisão pra nós”, destaca Sidnei Lobo após empate diante do Coritiba

Em 3 jogos substituindo Mano Menezes na temporada, foi a primeira vez que Sidnei Lobo não saiu com a vitória

Foto: Foto: Ricardo Duarte / S. C. Internacional

Neste domingo (23), o Inter visitou o Coritiba e saiu do Couto Pereira com o empate em 1 a 1. Enfrentando a equipe paranaense que luta pela permanência na primeira divisão, o colorado saiu atrás do placar. Na segunda etapa, Vitão aproveitou a cobrança de falta de Alan Patrick na medida e deixou tudo igual, evitando a derrota colorada e a quebra de invencibilidade no Campeonato Brasileiro 2022, que agora se estende para 12 jogos.

Sidnei Lobo, auxiliar de Mano Menezes que comandou a equipe contra o Coxa devido à suspensão do treinador, afirmou que o Inter melhorou seus fundamentos no segundo tempo da partida, e merecia sair com a vitória. “Tivemos dificuldades na primeira etapa. Não conseguíamos ficar com a bola e eles aproveitaram(…). Na segunda parte, corrigimos algumas coisas, principalmente na parte técnica. Foi uma cobrança nossa no intervalo, procurar ajustar isso, ter mais aproximação, fazer triangulação e etc. Isso nós fizemos na segunda parte e merecíamos os gols, como fizemos, que garantiriam nossa vitória. Infelizmente, por interpretação do árbitro, foi decidido anular nosso gol.”

Mesmo com o título praticamente inalcançável, o Inter está muito próximo de um dos seus principais objetivos, que é a vaga direta na fase de grupos da Libertadores. O auxiliar disse que a equipe tem méritos para estar na vice-liderança. “A gente tem que pensar jogo a jogo. Vocês podem ter certeza que o próximo jogo vai ser uma decisão pra nós (…). Nós temos que exaltar o Palmeiras que faz uma campanha maravilhosa, por méritos deles. Mas nós temos muitos méritos pra estar na segunda colocação também, e queremos terminar o campeonato lá, mas pra isso a gente precisa ganhar o próximo jogo.”

Por fim, Sidnei Lobo comentou também sobre a desigualdade financeira de alguns clubes em relação ao resto do país, colocando o Inter como um clube que tem condições de fazer frente aos mais ricos, já projetando o ano de 2023. “Claro que são clubes poderosos que têm uma condição de estarem lá na frente, mas o Inter também é grande e certamente a diretoria vai fazer o que tem que ser feito para que o clube brigue de igual para igual. Com o esforço de todos, certamente vamos ser muito competitivos no ano que vem”

Na próxima quarta-feira (26), o Inter recebe o Ceará no Beira-Rio às 21h45, pela 34ª rodada do campeonato.

* Por supervisão de: Marjana Vargas

Voltar Todas de Inter

Compartilhe esta notícia:

Inter empata com o Coritiba e se afasta do líder Palmeiras, que pode ser campeão na próxima rodada
“A promessa foi paga, agora não depende mais de mim” crava Renato Portaluppi após Grêmio garantir de vez o acesso à Série A 2023
Deixe seu comentário

No Ar: Grenal FC