Renato comemora vitória do Grêmio sobre o Cuiabá e comenta sobre as contratações do clube

Foto: Lucas Uebel / Grêmio FBPA

O Grêmio está com 100% de aproveitamento na Arena pelo Brasileirão. Na noite deste sábado (20), o Tricolor venceu o Cuiabá por 1 a 0, com gol de Cristaldo no fim do primeiro tempo, em partida válida pela terceira rodada, alcançando a segunda vitória consecutiva na competição nacional. Após o jogo, na coletiva de imprensa, o técnico Renato Portaluppi enalteceu o resultado, apesar das carências no elenco.

“Sempre é bom ganhar. Estávamos totalmente focados no jogo de hoje. Estou rodando o grupo por necessidade, é impossível jogar a cada três dias”, pontuou.

Se por um lado o Grêmio conquistou o segundo resultado positivo, outro fato que chamou a atenção foi a equipe não ter sofrido gols em mais uma partida. Depois de sofrer dois gols e estrear com derrota para o Vasco, no Rio de Janeiro, o Tricolor não foi vazado no jogo contra o Athletico, na última quarta-feira, nem no mais recente contra o Cuiabá. Sobre o bom desempenho defensivo, o treinador gremista ponderou que o elenco tem trabalhado para não dar chances aos rivais no campeonato.

“Às vezes o adversário tem qualidade ou nós deixamos a desejar. Procuramos não dar chances ao adversário e nos dois últimos jogos não sofremos gols”, comentou.

Em campo, o time começou com mais jogadores titulares do que se esperava, apesar de algumas preservações devido ao compromisso decisivo na terça-feira (23) contra o Estudiantes, em La Plata, pela Libertadores. Para o confronto diante dos argentinos, o clube espera contar com alguns jogadores, como Diego Costa e Pepê. Questionado sobre o jogo e os atletas, Renato revelou que ainda não teve tempo para definir o time no país vizinho.

“Amanhã (domingo) temos revisão médica. A partir de amanhã começo a definir o time que vai enfrentar o Estudiantes. Não estive no treino de hoje (sábado) pela manhã, mas sei o que aconteceu e amanhã estarei lá”, contou.

A janela doméstica de abril, disponibilizada pela CBF, trouxe jogadores e também promoveu trocas e saídas no time. Na última sexta-feira (19), o clube oficializou a chegada do goleiro Rafael Cabral e a transferência de Gabriel Grando ao Cruzeiro, em uma troca com os mineiros.

“Nós perdemos um goleiro e precisávamos trazer outro. Foi o Cruzeiro que propôs essa troca. Chapecó é um grande goleiro e a torcida não estava aceitando ele, mais um que podia ser vaiado”.

Além disso, o lateral-esquerdo Cuiabano foi vendido ao Botafogo e rendeu R$ 8 milhões aos cofres do clube. Sobre as transferências, Renato reforçou que o grupo conta com atletas para a posição.

“Sobre o Cuiabano, temos o Reinaldo e o Mayk. O Cuiabano é um bom jogador, mas temos praticamente 5 jogadores na posição. O Grêmio não atrasa ninguém desde que seja um bom negócio, como foi”.

O próximo compromisso do Grêmio será contra o Estudiantes, às 19h da terça-feira, em La Plata, pela Libertadores.

* Por supervisão de: Marjana Vargas

Voltar Todas de Grêmio

Compartilhe esta notícia:

Na Arena, Grêmio vence o Cuiabá
Com time alternativo, Grêmio vence Cuiabá e Renato destaca contratações da janela de abril
Deixe seu comentário

No Ar: Toque Direto